Comunicação na gestão de crises: a "Deontologia" da atividade jornalística

Artemio Reinaldo de Souza, Richard Perassi Luís de Sousa, Kamil Giglio

Resumo


 

O presente trabalho tem por objetivo apresentar a “deontologia” (teoria do dever) da comunicação, em especial da atividade jornalística, na gestão de uma marca organizacional em um cenário de crise. Para tal, utiliza-se uma pesquisa bibliográfica, descritiva e aplicada para demonstrar os principais conceitos que englobam este tipo de crise, bem como aspectos da comunicação organizacional, identidade e imagem corporativa. Por fim, busca-se contribuir e ressaltar o papel da comunicação nos momentos de crise, nos quais a reputação ou a marca e a própria identidade corporativa é frontalmente ameaçada.


Palavras-chave


Comunicação Organizacional; Marca; Crise

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/1984-6924.2013v10n1p52

(Est-s Jorn. Mid.), Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSNe 1984-6924.

Licença Creative Commons