Portais de notícia brasileiros e interesse dos internautas: o que mudou entre 2012 e 2013 na composição da seção “notícias mais lidas”?

Autores

  • Michele Goulart Massuchin Universidade Federal de São Carlos
  • Camilla Quesada Tavares Universidade Federal Fluminense (UFF)/Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG)

DOI:

https://doi.org/10.5007/1984-6924.2015v12n2p359

Palavras-chave:

Jornalismo, Internet, Meios de Comunicação

Resumo

 

Este artigo apresenta uma análise sobre o interesse dos internautas que acessam portais informativos. Para tanto, utiliza-se de dados sobre as notícias mais buscadas em cinco grandes sites brasileiros – UOL, Terra, G1, O Globo e Folha.com. A coleta deste material ocorreu durante o período eleitoral de 2012 e foi replicada no mesmo período de 2013, ano não eleitoral. Discute-se, comparativamente, as alterações e manutenções no que diz respeito aos temas e características das notícias que foram as mais lidas do dia nesses veículos de comunicação analisados nos dois períodos. Considera-se importante identificar que tipo de informação chama a atenção dos usuários neste espaço, partindo do pressuposto de que as notícias caracterizadas como softnews (entretenimento, celebridades e esportes) pouco oferecem de substantivo para agregar o debate, enquanto que as hardnews (saúde, educação, política, violência, minorias, entre outros) ressaltam temas de interesse público. Ao todo foram 1.929 entradas em 2012 e 1.806 em 2013.

Biografia do Autor

Michele Goulart Massuchin, Universidade Federal de São Carlos

Doutoranda em Ciência Política pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Mestre em Ciência Política pela UFPR e graduada em Jornalismo pela UEPG. Membro do Grupo de Pesquisa em Comunicação Política, Partidos e Eleições da UFSCar e do Grupo de Pesquisa em Comunicação Política e Opinião Pública (CPOP) da UFPR. Bolsista FAPESP. E-mail: mimassuchin@gmail.com.

Camilla Quesada Tavares, Universidade Federal Fluminense (UFF)/Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG)

Doutoranda em Comunicação pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Professora colaboradora do curso de Jornalismo da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). Membro dos Grupos de Pesquisa Mídia, Política e Atores Sociais (UEPG) e do Laboratório de Mídia e Democracia (UFF). E-mail: camilla.tavares8@gmail.com.

Downloads

Publicado

2015-09-16