A pesquisa acadêmica sobre jornalismo na pós-graduação brasileira: dados sobre as teses e dissertações publicadas nos programas de Comunicação e Jornalismo (1972-2015)

Autores

  • Felipe Simão Pontes Universidade Estadual de Ponta Grossa
  • Gabriela Cavalcanti Carneiro de Almeida Universidade Estadual de Ponta Grossa

DOI:

https://doi.org/10.5007/1984-6924.2017v14n2p09

Palavras-chave:

Pesquisa Acadêmica, Jornalismo, Comunicação

Resumo

O artigo apresenta o levantamento de teses e dissertações publicadas em programas de pós-graduação em Comunicação e Jornalismo (1972-2015), quantifica as pesquisas que tematizam o Jornalismo, expõe a distribuição regional dessas produções e identifica o sexo dos pesquisadores. Para a realização da pesquisa, foi necessário o cruzamento de dados fornecidos pelo banco de teses e dissertações da Capes, Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações, mapeamento publicado por projeto desenvolvido na UFRGS (teses e dissertações da área de 1992 a 2002), repositórios online, site das instituições e dos programas de pós-graduação e catálogos internos de algumas instituições. Embora não seja objetivo uma análise do conteúdo da produção, este artigo colabora para a compreensão do desenvolvimento tanto dos programas da área como da produção acadêmica sobre Jornalismo no país. O resultado do mapeamento indica que aproximadamente um quarto das pesquisas desenvolvidas nas pós-graduações brasileiras em Comunicação tematizam o Jornalismo.

Biografia do Autor

Felipe Simão Pontes, Universidade Estadual de Ponta Grossa

Professor do Programa de Pós-Graduação em Jornalismo da Universidade Estadual de Ponta Grossa. E-mail: felipe271184@yahoo.com.br

Gabriela Cavalcanti Carneiro de Almeida, Universidade Estadual de Ponta Grossa

Mestranda em Jornalismo da Universidade Estadual de Ponta Grossa. E-mail: gabicalmeida@gmail.com

Downloads

Publicado

2018-01-18