O circuito das drogas: mídia e arte na crítica contemporânea

Maurício de Bragança

Resumo


A exposição Una linea de polvo, arte y drogas en América Latina fez dialogarem o campo das artes plásticas e visuais, e o fenômeno do narcotráfico. Segundo o curador Santiago Rueda, a ideia era entender “as dimensões de um problema global”, fazendo expandir a ideia de “narcotráfico” para uma compreensão maior da questão como um “problema narco”, marcado por uma forte presença da cultura midiática. As obras expostas implodiam as distâncias entre mídia e arte, gerando um deslocamento do lugar da crítica de arte tradicional ao ter que lidar com questões que englobam um campo irrestrito de proposições que passam pela economia, medicina, direito e política internacional no âmbito da estética, ética e cultura. Dessa forma, a crítica de arte se constrói na interface com outros domínios para dar conta desse tipo de produção contemporânea, privilegiando o campo midiático.


Palavras-chave


Crítica de Arte; Narcotráfico; América Latina

Texto completo:

PDF/A

Referências


FACINA, Adriana [et al]. Tamborzão: olhares sobre a criminalização do funk. Rio de Janeiro: Revan, 2013.

FAJARDO, Santiago Rueda. Post-Scríptum. Una linea de polvo: arte y drogas en América Latina. Bogotá: [Con]Tensión Editorial, 2018.

GONZÁLEZ, Cecilia. Todo lo que necesitás saber sobre narcotráfico. Buenos Aires: Paidós, 2015.

MASSEY, Doreen. “Um sentido global do lugar”. In ARANTES, Antonio A. O espaço da diferença. Campinas: Papirus, 2000.

OVALLE, Lilian Paola. “Construcción social del narcotráfico como ocupación”. Revista CS online, jan-jul, 2010. Disponível em . Acesso em 02.08.2018

PARDO LEÓN, Jesús Antonio. “Transformaciones estéticas: la narcocultura, la producción de valores culturales y la validación del fenómeno narco”. Calle 14: revista de investigación en el campo del arte, 13 (24), 2018, pp. 400 – 409.

RINCÓN, Omar. “Todos temos um pouco do tráfico dentro de nós: um ensaio sobre o narcotráfico/cultura/novela como porta de entrada para a modernidade”. MATRIZes, São Paulo, jul/dez 2013.

RODRIGUES, Thiago. Narcotráfico: uma guerra na guerra. São Paulo: Desatino, 2012a.

_____. Narcotráfico e militarização nas Américas: vício de guerra. Contexto Internacional (PUCRJ. Impresso), Rio de Janeiro, v. 34, p. 09-41, 2012.

RUEDA, Santiago. Una línea de polvo: arte y drogas en Colombia. Disponível em https://www.scribd.com/document/78654278/unalineadepolvo#fullscreen&from_embed. Acesso em 19/06/2018.




DOI: https://doi.org/10.5007/1984-6924.2019v16n1p49

(Est-s Jorn. Mid.), Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSNe 1984-6924.

Licença Creative Commons