Discurso, imagem e cultura: a representação do protocolo de Kyoto

Cristina Pontes Bonfiglioli

Resumo


Este ensaio pretende levantar alguns aspectos da relação entre discurso e imagem tendo como referência a análise da representação discursiva e imagética do Protocolo de Kyoto. Questões epistemológicas sobre produção e efeitos de significação e de sentido relativas à divulgação do discurso ecológico e de imagens a ele vinculadas sugerem que há uma complexa interação entre o imaginário cultural calcado no ideário do projeto moderno, base do discurso ecológico, e a sedução pela imagem fotográfica que o representa, criando agenciamentos comunicativos parodoxais, o que nos leva a crer que a desconexão entre discurso e imagem se deva a modos de operação distintos relativos às especificidades inerentes à linguagem-discurso e à imagem-código.

Palavras-chave


Imagem fotográfica; Produção de sentido; Discurso ecológico; Photographic image; Production of meaning; Ecological discourse

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/%25x

(Est-s Jorn. Mid.), Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSNe 1984-6924.

Licença Creative Commons