O fenômeno da terceirização e a divisão sociossexual e racial do trabalho

Rachel Gouveia Passos, Cláudia Mazzei Nogueira

Resumo


Este texto tem como objetivo realizar uma análise em relação a terceirização com ênfase na divisão sociossexual e racial do trabalho. Compreendemos que há diferenciação em relação aos rebatimentos da terceirização em se tratando das mulheres negras, uma vez que a formação social brasileira está assentada no racismo, no patriarcado e no colonialismo. Nesse caminho, dividimos o artigo em três partes: no primeiro momento traremos elementos que definem o que é a terceirização; em seguida abordaremos sobre esse fenômeno no setor público e, por fim, trataremos do tema da terceirização e seus efeitos a partir da divisão sociossexual e racial do trabalho.


Palavras-chave


Terceirização; Precarização; Mulheres; Mulheres Negras; Trabalho

Texto completo:

PDF/A PDF/A (English)


DOI: https://doi.org/10.1590/1982-02592018v21n3p484

R. Katál. Florianópolis, Santa Catarina, Brasil eISSN: 1982-0259  

Licença Creative Commons Adota a Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.