Serviço social e pesquisa científica: uma relação vital para a formação profissional

Luciene Araújo, Gilcélia Batista de Góis, Gleidiane Almeida de Freitas, Mariana Gleicy de Oliveira Silva Sousa

Resumo


A formação profissional em Serviço Social demanda a interação com inúmeros fatores da vida cotidiana, sendo a pesquisa científica um dos meios adotados para conhece-los. Partindo deste pressuposto, objetivamos problematizar o lugar da pesquisa científica em nossa formação profissional, bem como apontar alguns desafios inerentes a esta atividade teórico-prática evidenciando a sua importância no processo de ensino-aprendizagem. A discussão está estruturada em uma breve introdução; depois trataremos sobre o sentido da pesquisa científica; em seguida problematizaremos a importância desta na formação profissional em Serviço Social; por fim, apontaremos algumas reflexões sobre a temática em tela. Fundamentando-se em uma revisão de literatura, sob a luz da teoria social crítica, consideramos que a dimensão investigativa, em meio as contradições do sistema econômico e o culto aos estigmas sociais e culturais, é de ímpar relevância para uma profissão comprometida com a ruptura de análises discriminatórias e a construção de uma sociedade humanamente emancipada.

Palavras-chave


Serviço Social; Formação profissional; Pesquisa científica.

Texto completo:

PDF/A

Referências


BAPTISTA, Myrian Veras. A investigação em Serviço Social. São Paulo: Veras; Lisboa, [Portugal]: Centro Português de Investigação em História e Trabalho Social (CPIHIS), 2006. p. 15-34.

DEMO, Pedro. Introdução ao ensino da metodologia da ciência. 2. ed. São Paulo: Atlas, 1987.

FAZENDA, Ivani Catarina Arantes. Interdisciplinaridade: história, teoria e pesquisa. 15. ed. Campinas, SP: Papirus, 2008.

FERRAREZ, Cynthia Santos. Mercantilização da educação superior brasileira e a formação profissional do serviço social. Temporalis, Brasília, DF, ano 16, n. 31, jan./jun. 2016. Disponível em: http://periodicos.ufes.br/temporalis/article/view/12243/10099. Acesso em: 17 jun. 2019.

FERREIRA, Catyelle Maria de Arruda et al. A importância da pesquisa para o curso de serviço social: perspectiva histórica e atual. In:

ENCONTRO LATINO AMERICANO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 13., e ENCONTRO LATINO AMERICANO DE PÓSGRADUAÇÃO, 9., São José dos Campos, 2009. Anais [...]. Universidade do Vale da Paraíba, 2009.

GODOY, Arilda Schmidt. Introdução à pesquisa qualitativa e suas possibilidades. Revista de Administração de Empresas, São Paulo, v. 35, n. 2, p. 57-63, 1995.

GUERRA; Yolanda; BACKX, Sheila; REPETTI, Gustavo. O lugar da pesquisa na formação profissional: algumas questões a partir dos relatórios das regionais da ABEPSS. Temporalis, Brasília, ano 13, n. 25, p. 205-232, jan./jun. 2013.

IAMAMOTO, Marilda Villela. Serviço Social em tempo de capital fetiche: capital financeiro, trabalho e questão social. São Paulo: Cortez, 2007.

JOHNSON, A. G. Dicionário de Sociologia: guia prático da linguagem. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1997. p. 82-83.

KOIKE, Maria Marieta. Formação Profissional em Serviço Social: exigências atuais. In: CONSELHO FEDERAL DE SERVIÇO SOCIAL (CFESS). Serviço Social: Direitos Sociais e Competências Profissionais. v.1. Brasília, 2009.

LAVILLE, Christian; DIONNE, Jean. A construção do saber: manual de metodologia da pesquisa em ciências humanas. Tradução: Heloisa Monteiro e Francisco Settineri. Porto Alegre: Artmed; Belo Horizonte: Editora da UFMG, 1999.

MORAES, Carlos Antônio de Souza. A “viagem de volta”: significados da pesquisa na formação e prática profissional do Assistente Social. Serviço Social & Sociedade, São Paulo, n. 114, p. 240-265, abr./jun. 2013.

MORAES, Carlos Antônio de Souza; JUNCÁ, Denise Chrysóstomo de Moura; SANTOS, Katarine de Sá. Para quê, para quem, como? Alguns desafios do cotidiano da pesquisa em serviço social. Serviço Social & Sociedade, São Paulo, n. 103, p. 433-452, jul./set. 2010. Disponível: http://www.scielo.br/pdf/sssoc/n103/a03n103.pdf. Acesso em: 24 jun. 2019.

PEREIRA, Potyara A. P. A utilidade da pesquisa para o serviço social. Serviço Social e Saúde, Campinas, v. 4, p. 1-158, maio 2005.

REIS, Ana Beatriz Oliveira. O objeto de pesquisa em ciências sociais: para além da contemplação. In: BELLO, Enzo; ENGELMANN, Wilson. (coord.). Metodologia da pesquisa em direito [recurso eletrônico]. Caxias do Sul, RS: Educs, 2015. p. 154-164.

SETUBAL, Aglair Alencar. Desafios à pesquisa no Serviço Social: da formação acadêmica à prática profissional. Katálysis, Florianópolis, v. 1, núm. esp., p. 4-72, 2007. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1414-49802007000300007&script=sci_Abstract&tlng=pt. Acesso em: 15 jun. 2019.

SILVA, Alessandra Ximenes da; MATIAS, Thaísa Simplicio Carneiro; NÓBREGA, Mônica, Barros da. Pesquisa e conhecimento da realidade. Temporalis, Brasília, DF, ano 18, n. 3, jan./jun. 2018. Disponível em: http://periodicos.ufes.br/temporalis/article/view/19755/pdf. Acesso em: 10 jun. 2019.




DOI: https://doi.org/10.1590/1982-02592020v23n1p81

R. Katál. Florianópolis, Santa Catarina, Brasil eISSN: 1982-0259  

Licença Creative Commons Adota a Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.