Cartografia tátil no ensino de Geografia física na Educação Básica

Autores

Palavras-chave:

Cartografia, Ensino, Geografia Física, Mapas Táteis

Resumo

A Cartografia Tátil dedica-se à produção de material didático necessário para a transmissão de conceitos geográficos voltada para alunos com deficiência visual, ou seja, representações gráficas com textura e relevo que facilitam o entendimento da orientação e da localização de lugares e fenômenos geográficos. Este artigo apresenta uma proposta metodológica que busca desenvolver o conhecimento geográfico de forma prática e lúdica no ambiente escolar. O objetivo é relatar os resultados obtidos a partir de uma experiência didático-pedagógica de construção de maquetes táteis por alunos do curso de Licenciatura em Geografia aplicado em uma escola do Ensino Fundamental. Os recursos metodológicos utilizados foram materiais reciclados, de fácil acesso e baixo custo para tornar a proposta viável em qualquer ambiente escolar. A proposta mostrou-se acessível como instrumento de ensino-aprendizagem e foi significativa como facilitador no conhecimento cartográficos, em especial no trabalho com alunos de baixa visão e cegos.

Biografia do Autor

Jamylle Pires Cook, Universidade Federal do Pará

Graduanda do curso de licenciatura em Geografia, Campus Universitário de Ananindeua da Universidade Federal do Pará (UFPA). Bolsista de Iniciação Científica PIBIC/UFPA - 2020; Ex bolsista PROEX/UFPA - 2019.

José Fernando Mota Junior, Universidade Federal do Pará

Graduando do curso de licenciatura em Geografia, Campus Universitário de Ananindeua da Universidade Federal do Pará (UFPA). Bolsista voluntário PROEX/UFPA - 2019.

Lucas dos Santos Castro, Universidade Federal do Pará

Graduando do curso de licenciatura em Geografia, Campus Universitário de Ananindeua da Universidade Federal do Pará (UFPA). Bolsita do PET/UFPA e Bolsista voluntário PROEX/UFPA - 2019.

Joselito Santiago de Lima, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará - IFPA Campus Paragominas

Mestre e Graduado em Geografia (UECE), Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará - IFPA, Campus Paragominas.

Luciana Martins Freire, Universidade Federal do Pará

Doutora em Desenvolvimento e Meio Ambiente (PRODEMA/UFC), Mestre e Graduada em Geografia (UECE), Professora do curso de licenciatura em Geografia, Campus Universitário de Ananindeua da Universidade Federal do Pará (UFPA)

Referências

ALIEVI, A.A.; VEIGA, L.A. O analfabetismo funcional enquanto obstáculo à leitura e interpretação de mapas. In: SIMPÓSIO NACIONAL DE RECURSOS TECNOLÓGICOS APLICADOS À CARTOGRAFIA, 1., e SEMANA DE GEOGRAFIA - UEM, 28. 2009, Maringá - PR. Anais [...] Maringá: UEM, 2009.

ANTUNES, C. Inteligências Múltiplas e Seus Estímulos. Ed. 17. Campinas: Papirus, 1998. 144 p.

BRASIL. Lei nº 13.146, de 06 de julho de 2015. Institui a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Estatuto da Pessoa com Deficiência). Brasília, DF: Presidência da República, 2015. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2015/lei/l13146.htm. Acesso em: 21 maio 2020.

CALLAI, H. C. Aprendendo a ler o mundo: a geografia nos anos iniciais do ensino fundamental. Cad. Cedes, Campinas, v. 25, n. 66, p. 227-247, maio/ago. 2005.

CAMPOS, H. R. Ensino de cartografia numa perspectiva inclusiva: quais as possibilidades de contribuição da cartografia tátil?. Geosul, Florianópolis, v. 27, n. 54, p. 165-180, set. 2013.

CARMO, W. R.; SENA, C. C. R. Gimenes de. A Cartografia e a Inclusão de Pessoas com Deficiência Visual na Sala de Aula: construção e uso de mapas táteis no LEMADI1 – DG – USP. ENCONTRO DE GEÓGRAFOS DA AMÉRICA LATINA, 12. 2009, Montevideo. Anais [...]. Montevideo: Observatório de América Latina, 2009. Disponível em: http://observatoriogeograficoamericalatina.org.mx/egal12/Ensenanzadelageografia/Investigacionydesarrolloeducativo/97.pdf. Acesso em: 09 maio 2020.

CASTELLAR, S. M. V. A cartografia e a construção do conhecimento em contexto escolar. In: ALMEIDA, R. D. (org.). Novos rumos da cartografia escolar: currículo, linguagem e tecnologia. São Paulo, Ed. Contexto, 2011. P. 121-136.

DE CASTRO PITANO, S.; ROQUÉ, B. B. O uso de maquetes no processo de ensino-aprendizagem segundo licenciados em Geografia. Educação Unisinos, São Leopoldo – RS, v. 19, n. 2, p. 273-282, ago. 2015.

DOS SANTOS, F.; FECHINE, J. A. L. A cartografia escolar e sua importância para o ensino de Geografia. Caderno de Geografia, Belo Horizonte, v. 27, n. 50, p. 500-515, jul/set, 2017.

FRANCISCHETT, M. N. A Cartografia no ensino da Geografia. Francisco Beltrão: Grafit, 2000. 148 p.

FRANCISCHETT, M.N.; MARCHESAN, M.P. Leitura e mediação do mapa no livro didático de geografia. [S.l], 2015. Disponível em: http://bocc.ufp.pt/pag/francischett-marchesanleitura-mediacao.pdf. Acesso em: 8 abr. 2015.

FREIRE, P. Pedagogia do Oprimido. 11. ed. São Paulo: Paz e Terra, 1994.

FREIRE, P. Extensão ou Comunicação? Tradução de Rosisca Darcy de Oliveira. 7. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1983.

FREIRE, P. Pedagogia da Autonomia. 33. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2006.

GARDNER, H.; CHEN, J.; MORAN, S. Inteligências Múltiplas ao Redor do Mundo. São Paulo: Ed. ArtMed, 2010.

KATUTA, M. Â. A Leitura de Mapas no Ensino de Geografia. Nuances: estudos sobre educação. Presidente Prudente, v.8, n. 8, p. 167-180, set. 2002.

LIBANÊS, J. Democratizacão da Escola Pública: A pedagogia crítico-social dos conteúdos. São Paulo: Ed. Loyola, 1984.

MATIAS, L. F. Por uma Cartografia Geográfica: uma análise da representação gráfica na Geografia. 2007. Dissertação (Mestrado em Geografia). Departamento de Geografia, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 1996.

RESENDE, M. S. A Geografia do aluno trabalhador. Caminhos para uma Prática de Ensino. São Paulo: Loyola, 1986.

SIMIELLI, M. E. R.; GIRARD, G; BROMBERG, P; MORONE, R; RAIMUNDO, S L. Do plano ao tridimensional: a maquete como recurso didático. Bol. Paulista de Geografia, São Paulo, n. 70, p. 5-21, 1992.

SOMMA, M. L. Alguns Problemas Metodológicos no Ensino de Geografia. In: CASTROGIOVANNI, A. C.; CALAI, H. C., SCHAFFER, N. O., KAERCHER, N. A. (org.). Geografia em Sala de Aula: Práticas e Reflexões. 4. Ed. Porto Alegre: AGB, seção Porto Alegre, 2003. p. 163-167.

VERDI, M.P.; KULHAVY, R.W. Learning with maps and texts: na overviw. Educational Psychology Review. [S.l.], v.14, n.1, p. 27–46, 2002. Disponível em: http://www.itma.vt.edu/modules/spring13/messagedes/lesson7/LearningWithMapsandTexts.pdf. Acesso em: 8 abr. 2015.

ZEICHNER, K. M. A formação reflexiva de professores: ideias e práticas. Lisboa: Educa, 1993.

Downloads

Publicado

2020-12-07