Ensinar Pierre Bourdieu no 9-3: o que falar quer dizer

Fabien Truong

Resumo


Este artigo aborda o confronto entre a alta teoria social de Bourdieu e um público desarmado para apropriar-se de sua visão sobre a dominação simbólica e a desigualdade social: os alunos imigran- tes de classe baixa de escolas secundárias localizadas na periferia urbana em declínio da Grande Paris. Através de um intenso trabalho de campo sociológico, proponho uma observação empírica da recepção social da obra de Bourdieu. Questiona o risco de comportamentos sem sentido para alunos e professores, já que a teoria de Bourdieu está indo contra o grão meritocrático necessário na sala de aula e explora o significado subjetivo da teoria da dominação para indivíduos dominados, entre aceitação e negação. Este estudo mostra que, nos banlieues franceses é criado um sentimen- to individual e precário de autoempoderamento.

Palavras-chave


Bourdieu; Reprodução; Meritocracia; Determinismo; Desigualdade

Texto completo:

PDF/A

Referências


BOUDON R. L'inégalité des chances. Paris: Armand Colin, 1973.

BOURDIEU P. Choses dites. Paris: Editions de Minuit, 1987.

BOURDIEU P. La distinction. Paris: Editions de Minuit, 1979.

BOURDIEU P. Le sens pratique. Paris: Editions de Minuit, 1980.

BOURDIEU P. Le sens pratique. Paris: Editions de Minuit, 1980.

BOURDIEU P. Les Héritiers. Paris: Editions de Minuit, 1964.

CHAUVEL, L. Le retour des classes sociales ?, Revue de l’ofce, n° 79, p. 315-369, 2001.

ESPINOSA, B. Éthique. Paris, GF-Flammarion, 1965 [1677].

FASSIN D.; FASSIN, E. (Org.). De la question sociale à la question raciale?. Paris: Editions de la Découverte, 2009.

HOGGART R. La culture du pauvre. Paris: Editions de Minuit, 1970.

SAYAD A. L’immigration ou les paradoxes de l'altérité. 2. Les enfants illégitimes. Paris: Éditions Raisons d'agir, 2006.




DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7984.2019v18n41p280

Direitos autorais 2019 Política & Sociedade

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 Visite nossa página no Facebook:

https://www.facebook.com/revistapoliticaesociedade/

Creative Commons License

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.
Revista Política & Sociedade - ISSNe 2175-7984
Florianópolis - SC - Brasil

CNPq CAPES