Ensino e docência: desafios para a formação e atuação de professores de Sociologia/Ciências Sociais

Jordânia de Araújo Souza, Noélia Nunes Marinho, Júlio Cezar Gaudencio

Resumo


DOI: http://dx.doi.org/10.5007/2175-7984.2015v14n31p63

O objetivo do presente artigo é problematizar questões em torno dos desafios postos com o
retorno e a institucionalização do ensino de Sociologia/Ciências Sociais na Educação Básica, por
meio da Lei nº 11.684/2008. Tais desafios são vivenciados tanto nos Cursos de Licenciatura em
Ciências Sociais quanto nas salas de aula da disciplina de Sociologia no Ensino Médio. Neste sentido, a ideia é ponderar questões em torno da formação docente, chamando atenção para o abismo ainda existente entre a formação e a atuação dos professores de Sociologia/Ciências Sociais tendo como pano de fundo a formação que vem sendo desenvolvida pela Universidade Federal de Alagoas no Curso de Licenciatura em Ciências Sociais presencial do Instituto de Ciências Sociais.


Palavras-chave


Educação; Formação; Docência; Ciências Sociais

Texto completo:

PDF

Referências


BOURDIEU, P. A gênese dos conceitos de habitus e de campo. In:______. O poder simbólico. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2004. p. 59-73.

BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 23 dez. 1996. Disponível em:

planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/l9394.htm>. Acesso em: 6 dez. 2015.

______. Parecer CNE/CES nº 492, de 3 de abril de 2001. Trata da aprovação das Diretrizes Curriculares Nacionais dos cursos de Filosofia, História, Geografia, Serviço Social, Comunicação Social, Ciências Sociais, Letras, Biblioteconomia, Arquivologia e Museologia. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 9 jul. 2001a. Disponível em: . Acesso em: 6 dez. 2015.

______. Parecer CNE/CES nº 1.363, de 12 de dezembro de 2001. Reticação do Parecer CNE/CES 492/2001, que trata da aprovação das Diretrizes Curriculares Nacionais dos Cursos de Filosofia, História, Geografia, Serviço Social, Comunicação Social, Ciências Sociais, Letras, Biblioteconomia, Arquivologia e Museologia. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 12 dez. 2001b. Disponível em: . Acesso em: 6 dez. 2015.

______. Parecer CNE/CBE nº 38/2006, de 14 de agosto de 2006. Inclusão obrigatória das disciplinas de Filosoa e Sociologia no currículo do Ensino Médio. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 14 ago. 2006a. Disponível em:

rest/lei/61/pdf>. Acesso em: 20 dez. 2015.

______. Secretaria de Educação Básica. Conhecimentos de Sociologia, In:______. Orientações Curriculares para o Ensino Médio: Ciências Humanas e suas Tecnologias. Brasília: MEC, SED, 2006b. p. 101-133. Disponível em:

internet.pdf>. Acesso em: 20 dez. 2015.

______. Lei nº 11.684, de 2 de junho de 2008. Altera o art. 36 da Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para incluir a Filosofia e a

Sociologia como disciplinas obrigatórias nos currículos do ensino médio. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 3 jun. 2008. Disponível em:

/2008/Lei/L11684.htm>. Acesso em: 20 dez. 2015.

CUNHA, M. I. da. Verbetes: formação inicial e formação continuada. In: MOROSINI, M. C.(Org.). Enciclopédia de Pedagogia Universitária. Brasília: MEC/INEP, 2006. v. 2. p. 353-354.

______. O tema da formação de professores: trajetórias e tendências do campo na pesquisa e na ação, Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 39, n. 3, p. 1-17, 2013.

FERREIRA, F. A sociologia no ensino médio: concepções de professores sobre formação crítica para a cidadania, Estudos de Sociologia, Recife, v. 2, n. 18, p. 1-39, 2012. Disponível em: . Acesso em: 2 dez. 2015.

FERREIRA, V. R.; OLIVEIRA, A. P. O Ensino de Sociologia como um campo (ou subcampo) científico. Acta Scientiarum Human and Social Sciences, Maringá, v. 37, n. 1, p. 31-39, 2015.

FLORÊNCIO, M. A. de L.; PLANCHEREL, A. A. A Sociologia no Ensino Médio: o percurso histórico no Brasil e em Alagoas. [S. l.]. [200-]. Disponível em: . Acesso em: 3 dez. 2015.

FRAGA, A. B.; BASTOS, N. M. M. O ensino de sociologia na educação básica. In: HANDFAS, A.; OLIVEIRA, L. F. (Org.). A sociologia vai à escola: história, ensino e docência. Rio de Janeiro: Quartet: FAPERJ, 2009. p. 171-183.

HANDFAS, A.; OLIVEIRA, L. F. de. Introdução. In: ______.; ______. (Org.). A sociologia vai à escola: história, ensino e docência. Rio de Janeiro: Quartet: FAPERJ, 2009. p. 11-15.

LIMA, R. M. de. A Sociologia no Ensino Básico: desaos e dilemas. In: HANDFAS, A.; OLIVEIRA, L. F. (Org.). A sociologia vai à escola: história, ensino e docência. Rio de Janeiro: Quartet: FAPERJ, 2009. p. 197-202.

MELLO, G. N. de. Formação inicial de professores para a educação básica: uma (re) visão radical. São Paulo em Perspectiva, São Paulo, v. 14, n. 1, p. 98-110, 2000.

MORAES, A. C. Licenciatura em Ciências Sociais e ensino de Sociologia: entre o balanço e o relato. Tempo Social, São Paulo, v. 15, n. 1, p. 5-20, abr. 2003.

_____. O que temos de aprender para ensinar ciências sociais? Revista Cronos, Natal, v. 8, n. 2, p. 395-402, jul./dez. 2007.

MOTA, K. C. C. S. Os lugares da sociologia na formação de estudantes do ensino médio: as perspectivas de professores. Rev. Bras. Educ., Rio de Janeiro, n. 29, p. 88-107, ago. 2005.

OLIVEIRA, A. O currículo de sociologia na escola: um campo em construção (e disputa). Revista Espaço do Currículo, João Pessoa, v. 6, n. 2, p. 355-366, maio/ago. 2013a.

______. A formação de professores de ciências sociais frente às políticas educacionais. Crítica e Sociedade: revista de cultura política, Uberlândia, v. 3, n. 2, p. 132-152, dez. 2013b.

______.; BARBOSA, V. S. L. Formação de professores em Ciências Sociais: desaos e possibilidades a partir do Estágio e do PIBID. Revista Inter-Legere, Natal, n. 13, p. 140-162, 13, jul./dez. 2013.

Disponível em:. Acesso em: 2 dez. 2015.

OLIVEIRA, E. A. F. de. Notas sobre o Ensino de Sociologia em Alagoas. In: PLANCHEREL, A. A.; ______. Leituras sobre Sociologia no Ensino Médio. Maceió: Edufal, 2007. p. 17-36.

PAIM, R.; SANTOS, S. Nunca estudei e não gostei: o desafio de quebrar os preconceitos sobre o ensino de sociologia. In: HANDFAS, A.; OLIVEIRA, L. F. (Org.). A sociologia vai à escola: história, ensino e docência. Rio de Janeiro: Quartet: FAPERJ, 2009. p. 125-140.

SILVA, I. L. F. A sociologia no ensino médio: os desafios institucionais e epistemológicos para a consolidação da disciplina. Revista Cronos, Natal, v. 8, n. 2, p. 403-427, jul./dez. 2007.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS – UFAL. Resolução CEPE/UFAL nº 20, de 24 de fevereiro de 1999. Define normas referentes ao Processo Seletivo Seriado (PSS) para ingresso nos cursos de graduação da Ufal. Alagoas: UFAL, 1999.

______. Resolução CEPE/UFAL nº 32, de 14 de dezembro de 2005. Estabelece os componentes curriculares comuns para os cursos de formação de professores da UFAL, a partir do ano letivo de 2006. Alagoas: UFAL, 2005.




DOI: http://dx.doi.org/10.5007/2175-7984.2015v14n31p63

Direitos autorais 2016 Política & Sociedade

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 Visite nossa página no Facebook:

https://www.facebook.com/revistapoliticaesociedade/

Creative Commons License

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.
Revista Política & Sociedade - ISSNe 2175-7984
Florianópolis - SC - Brasil

CNPq CAPES