Construção e validação do instrumento de avaliação do desempenho técnico-tático no voleibol

Autores

  • Carine Collet Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil
  • Juarez Vieira do Nascimento Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil
  • Valmor Ramos Universidade do Estado de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil
  • Joice Mara Facco Stefanello Universidade Federal do Paraná. Curitiba, PR. Brasil

DOI:

https://doi.org/10.1590/1980-0037.2011v13n1p43

Palavras-chave:

Voleibol, Avaliação do Desempenho, Desempenho Atlético

Resumo

O objetivo do estudo foi construir e validar o Instrumento de Avaliação do Desempenho Técnico-tático do Voleibol (IAD-VB). A construção dos indicadores de observação baseou-se na consulta à literatura e em modelos de avaliação já existentes. O processo de validação de conteúdo foi realizado por 10 especialistas da área, nas dimensões da clareza de linguagem, pertinência prática e relevância teórica. Foi realizada a testagem da

fidedignidade intra-avaliador (método teste-reteste) e interavaliador (6 avaliadores). A coleta dos dados concentrou-se nas análises em vídeo de jogos de uma equipe finalista do Campeonato Catarinense Infantil de Voleibol 2009. Os dados foram analisados estatisticamente no programa SPSS for Windows, versão 11.5 e no programa SAS, com nível de significância de 5%. Utilizaram-se o coeficiente de correlação de Spearman, o índice de concordância Kappa ponderado e o índice de correlação intraclasse na análise estatística de cada ação específica de jogo e em cada componente do desempenho. De maneira geral, o IAD-VB compreende um instrumento que avalia as componentes do desempenho técnico-tático das ações de jogo de voleibol 6x6, permitindo a identificação do nível de desempenho geral do jogador, bem como o desempenho específico por ação e por componente. Além disso, o instrumento obteve índices de validade de 92,9%, e de fidedignidade intra-avaliador de 0,84 e interavaliadores de 0,78. Todos os índices foram considerados altos, indicando que o IAD-VB compreende um instrumento de observação válido e consistente, bem como possibilita a avaliação do nível do desempenho esportivo de jogadores de voleibol das categorias de formação.

Biografia do Autor

Carine Collet, Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil

Mestre em Educação Física. Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Desportos. Florianópolis, SC. Brasil.

Juarez Vieira do Nascimento, Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil

Doutor em Educação Física. Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Desportos. Departamento de Educação Física. Programa de Pós-Graduação em Educação Física. Florianópolis, SC. Brasil.

Valmor Ramos, Universidade do Estado de Santa Catarina. Florianópolis, SC. Brasil

Doutor em Educação Física. Universidade do Estado de Santa Catarina. Centro de Ciências da Saúde e do Esporte. Departamento de Educação Física.

Joice Mara Facco Stefanello, Universidade Federal do Paraná. Curitiba, PR. Brasil

Doutora em Educação Física. Universidade Federal do Paraná. Departamento de Educação Física. Programa de Pós-Graduação em Educação Física. Curitiba, PR. Brasil.

Downloads

Publicado

2011-12-30

Edição

Seção

Artigos Originais