Efeitos do sistema âncora sobre o controle postural de idosos

Autores

  • Juliana Bayeux Dascal Universidade Estadual de Londrina. Departamento de Educação Física. Londrina, PR. Brasil.
  • Victor Hugo Alves Okazaki Universidade Estadual de Londrina. Departamento de Educação Física. Londrina, PR. Brasil.
  • Eliane Mauerberg de Castro Universidade Estadual Paulista - Unesp, Campus de Rio Claro. SP. Brazil

DOI:

https://doi.org/10.1590/1980-0037.2012v14n2p144

Palavras-chave:

Atividade motora, Envelhecimento, Postura, Visão.

Resumo

O número de quedas durante o envelhecimento é alto e suas consequências podem ser drásticas. Neste contexto, a manutenção da capacidade de equilíbrio exerce papel fundamental para que o idoso tenha possibilidade de realizar suas atividades cotidianas. Por conseguinte, a utilização de ferramentas de intervenção e de tratamento para o desenvolvimento do equilíbrio torna-se essencial. Neste estudo, foi analisado o sistema âncora como possível ferramenta, em potencial, para diminuir a oscilação corporal em idosos e adultos jovens. Os idosos apresentaram maior oscilação corporal que os adultos jovens. A ausência da informação visual provocou maior instabilidade postural para ambos os grupos. O sistema âncora demonstrou proporcionar maior estabilização no controle da postura. Deste modo, o sistema âncora pode ser uma ferramenta útil para o auxílio na estabilização da postura.

Biografia do Autor

Juliana Bayeux Dascal, Universidade Estadual de Londrina. Departamento de Educação Física. Londrina, PR. Brasil.

Professora Adjunto do Departamento de Educação Física.

Área: Comportamento Motor

Victor Hugo Alves Okazaki, Universidade Estadual de Londrina. Departamento de Educação Física. Londrina, PR. Brasil.

Departamento de Educação Física.

Área Comportamento Motor

Eliane Mauerberg de Castro, Universidade Estadual Paulista - Unesp, Campus de Rio Claro. SP. Brazil

Departamento de Educação Física.

Área: Educação Física Adaptada

Publicado

2012-02-14

Edição

Seção

Artigos Originais