Confiabilidade de medidas de arquitetura muscular do tríceps sural por ultrassonografia de imagem

Autores

  • Natalia Santos da Fonseca Martins Universidade Federal do Rio de Janeiro. Laboratório de Biomecânica Muscular. Escola de Educação Física e Desportos. Rio de Janeiro, RJ. Brasil.
  • Carolina Carneiro Peixinho Universidade Federal do Rio de Janeiro. Laboratório de Biomecânica Muscular. Escola de Educação Física e Desportos. Rio de Janeiro, RJ. Brasil.
  • Liliam Fernandes de Oliveira Universidade Federal do Rio de Janeiro. Laboratório de Biomecânica Muscular. Escola de Educação Física e Desportos. Rio de Janeiro, RJ. Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.1590/1980-0037.2012v14n2p212

Palavras-chave:

Arquitetura muscular, Confiabilidade, Ultrassonografia

Resumo

Há, atualmente, na literatura, poucas pesquisas de confiabilidade e validação da quantificação de parâmetros de arquitetura muscular por ultrassonografia (US), relatando informações importantes como o erro típico da medida (ETM) e o coeficiente de correlação intraclasse (ICC). O objetivo do estudo foi aplicar a técnica de US para quantificar as medidas de comprimento da fibra (CF) e ângulo de penação (AP) dos músculos gastrocnêmios e determinar a confiabilidade e a reprodutibilidade dessas medidas. Duas imagens de cada gastrocnêmio de 19 indivíduos jovens e saudáveis foram adquiridas com um equipamento de ultrassom modo-B (7,5MHz), em duas visitas. CF e AP foram medidos cinco vezes nas duas imagens de cada indivíduo, totalizando vinte medidas de cada parâmetro para cada participante. A confiabilidade do total das 760 medidas foi determinada através do coeficiente de variação (CV), ICC e ETM. O CV do CF variou de 1,67 a 4,44% e do AP de 3,8 a 11,62%. Todos os ICC se encontram no intervalo de grande confiabilidade, com exceção do valor referente à medida interdias do AP do gastrocnêmio medial (0,67). Os dois valores mais altos de ETM (3,1° e 3,7°) correspondem aos dois valores inferiores do ICC (0,67 e 0,83), referentes às medidas repetidas interdias dos gastrocnêmios. As medidas de CF dos gastrocnêmios medial e lateral apresentaram ETM de 2,17mm e 2,25mm, respectivamente. Os resultados obtidos demonstraram que a metodologia utilizada para medição de CF e AP realizada em imagens de ultrassom apresentou alta confiabilidade

Downloads

Publicado

2012-02-14

Edição

Seção

Artigos Originais