Hipotensão pós-exercício: possível relação com fatores étnicos e genéticos

Autores

  • Emerson Pardono Universidade Federal de Sergipe. Departamento de Educacão Física. Núcleo de Pesquisa em Aptidão Física de Sergipe. Aracaju, SE. Brasil
  • Afrânio Andrade Bastos Universidade Federal de Sergipe. Departamento de Educacão Física. Núcleo de Pesquisa em Aptidão Física de Sergipe. Aracaju, SE. Brasil
  • Marcos Bezerra Almeida Universidade Federal de Sergipe. Departamento de Educacão Física. Núcleo de Pesquisa em Aptidão Física de Sergipe. Aracaju, SE. Brasil
  • Herbert Gustavo Simões Universidade Católica de Brasília. Programa de Mestrado e Doutorado em Educacão Física. Brasília. DF. Brasil

DOI:

https://doi.org/10.1590/1980-0037.2012v14n3p353

Palavras-chave:

Etnia, Hipotensão pós-exercício, Polimorfismo genético

Resumo

A hipotensão pós-exercício caracteriza-se pela redução dos valores pressóricos em relação ao pré-exercício, sendo intensamente estudada em diferentes populações a partir das diversas modalidades de exercício físico. Inúmeros mecanismos relacionam-se à HPE, tornando-a de origem multifatorial. No entanto, na última década, alguns estudos objetivaram investigar possíveis influências de fatores étnicos e genéticos sobre a HPE. Nesse sentido, o objetivo do presente estudo foi revisar os fatores ambientais e principalmente, os étnicos e genéticos relacionados à HPE. Os estudos utilizados nesta revisão de literatura foram obtidos a partir de um levantamento bibliográfico realizado nos seguintes bancos de dados disponíveis na internet: Medline, SciELO e Portal Capes. Com relação à etnia, verifica-se que os estudos apontam desfavorável tendência aos indivíduos negros em obter HPE quando comparados aos de etnia branca, embora ainda não seja possível afirmar de maneira categórica. Quanto aos estudos genéticos e HPE, ressalta-se a importância destes estudos, assim como a necessidade de que a seleção dos genes candidatos à investigação seja feita baseando-se no sistema fisiológico implicado na regulação da PA. Basicamente, os estudos publicados analisaram a relação entre HPE e mutações de genes que expressam proteínas envolvidas no sistema renina-angiotensina-aldosterona. Nesse sentido, parece que o maior decaimento da PA ocorre, principalmente, após exercícios aeróbios de baixa intensidade realizados por homens adultos e normotensos limítrofes ou hipertensos, sendo necessários mais estudos acerca do tema.

Biografia do Autor

Emerson Pardono, Universidade Federal de Sergipe. Departamento de Educacão Física. Núcleo de Pesquisa em Aptidão Física de Sergipe. Aracaju, SE. Brasil

Professor adjunto da Universidade Federal de Sergipe / Departamento de Educação Física

Marcos Bezerra Almeida, Universidade Federal de Sergipe. Departamento de Educacão Física. Núcleo de Pesquisa em Aptidão Física de Sergipe. Aracaju, SE. Brasil

Professor adjunto do Departamento de Educação Física

Herbert Gustavo Simões, Universidade Católica de Brasília. Programa de Mestrado e Doutorado em Educacão Física. Brasília. DF. Brasil

Diretor do Programa de Mestrado e Doutorado em Educação Física

Publicado

2012-04-30

Edição

Seção

Artigos de Revisão