Desenvolvimento motor e cognitivo de bebês de mães adolescentes e adultas: estudo longitudinal

Autores

  • Luana Silva de Borba Federal University of Rio Grande do Sul.
  • Nadia Cristina Valentini Federal University of Rio Grande do Sul.

DOI:

https://doi.org/10.1590/1980-0037.2015v17n4p438

Palavras-chave:

Desenvolvimento infantil, Estudo longitudinal, Gravidez na adolescência

Resumo

Este estudo teve como objetivos investigar em bebês de mães adolescentes e adultas: (1) os fatores de risco para o desenvolvimento infantil; (2) as mudanças cognitivas e motoras ao longo de quatro meses, (3) as correlações entre o desenvolvimento motor e cognitivo ao longo de quatro meses. Estudo longitudinal com 40 bebês, 20 nascidos de mães adolescentes e 20 de mães adultas, provenientes dos municípios de Porto Alegre e Butiá, no Rio Grande do Sul, Brasil. Foram realizadas três avaliações do desenvolvimento motor e cognitivo, utilizando a Alberta Motor Infant Scale (AIMS) e Bayley Scale of Infant Development II. Na postura supina da AIMS, observou-se diferença significativa entre os grupos na terceira avaliação. Os bebês das mães adolescentes apresentaram escores mais baixos em relação aos bebês de mães adultas. Os escores motores de cada postura da AIMS e o escore total AIMS apresentaram diferença significativa ao longo do tempo em geral e em cada grupo. O escore mental bruto da Bayley-II também apresentou diferença significativa ao longo do tempo em geral e em cada grupo. Observou-se associação positiva, forte e significativa entre os escores totais da AIMS e Bayley em todos os três momentos de avaliação no grupo de bebês de mães adolescentes e adultas. Pode-se concluir que bebês de mães adolescentes apresentaram-se piores na postura supina em relação aos bebês de mães adultas. Os desenvolvimentos motor e cognitivo se associaram significativamente em ambos os grupos ao longo do tempo.

Biografia do Autor

Luana Silva de Borba, Federal University of Rio Grande do Sul.

Federal University of Rio Grande do Sul. Laureate International Universities. Porto Alegre, RS. Brasil.

Nadia Cristina Valentini, Federal University of Rio Grande do Sul.

Federal University of Rio Grande do Sul. Porto Alegre, RS. Brazil.

Downloads

Publicado

2015-07-08

Edição

Seção

Artigos Originais