Desenvolvimento de um instrumento em Português para identificar as barreiras para a atividade física em crianças

Autores

  • Patrícia Becker Engers Universidade Federal de Pelotas
  • Gabriel Gustavo Bergmann Universidade Federal do Pampa
  • Marcelo Cozzensa da Silva Universidade Federal de Pelotas

DOI:

https://doi.org/10.1590/1980-0037.2017v19n1p1

Palavras-chave:

Atividade motora, Criança, Inquéritos e questionários, Validade dos testes, Reprodutibilidade dos testes

Resumo

 

O objetivo do presente estudo foi desenvolver um instrumento para identificar as barreiras para a prática de AF em crianças. Trata-se de um estudo de validação com caráter observacional e delineamento transversal. A população foi composta por escolares de 06 a 09 anos da cidade de Uruguaiana/RS. O conteúdo do instrumento foi obtido através da matriz teórica, construída a partir de revisão da literatura e do levantamento das barreiras através de questões abertas aplicadas por Proxy-report (n=100) e grupos focais conduzidos com pais/responsáveis e com crianças. Constitui-se um questionário composto por 29 questões fechadas. Após realizar o teste de clareza do instrumento, foi realizada a aplicação do mesmo (n=293) para verificar a validade e a consistência interna. Depois de uma semana, os mesmos pais ou responsáveis foram convidados a responder o questionário em reteste (n=168) verificando-se a concordância. A análise fatorial exploratória distribuiu as 29 questões em seis fatores, com variância total de 55,6%. Todos os itens que definiram os fatores obtiveram carga maior que 0,4 e eingenvalues acima de 1,0. Na análise de consistência interna, as correlações item-total variaram de 0,23 a 0,64 e o valor total de alfa foi de 0,90. A reprodutibilidade variou entre 0,43 e 0,78. Vinte e quatro questões atenderam todos os critérios adotados para o estudo. Concluí-se que o instrumento desenvolvido apresenta validade e fidedignidade adequadas para identificação das barreiras para prática de AF em escolares de seis a nove anos.

Biografia do Autor

Patrícia Becker Engers, Universidade Federal de Pelotas

Universidade Federal de Pelotas

Gabriel Gustavo Bergmann, Universidade Federal do Pampa

Universidade Federal do Pampa

Marcelo Cozzensa da Silva, Universidade Federal de Pelotas

Universidade Federal de Pelotas

Downloads

Publicado

2017-05-28

Edição

Seção

Artigos Originais