Efeito do método pilates na força dos músculos inspiratórios e expiratórios em idosos

Autores

  • Beatriz Mendes Tozim Universidade Estadual Paulista
  • Marcelo Tavella Navega Universidade Estadual Paulista

DOI:

https://doi.org/10.1590/1980-0037.2018v20n1p1

Palavras-chave:

Força muscular, Modalidades de fisioterapia, Testes de função respiratória

Resumo

Com o envelhecimento, a força muscular respiratória diminui e o método pilates é uma técnica que utiliza da respiração como um de seus princípios. Com isso, o presente estudo tem como objetivo analisar a influência do método pilates na força muscular respiratória em idosas. Para a avaliação da força dos músculos respiratórios (inspiratórios e expiratórios) foi utilizado o manovacuômetro. Participaram da pesquisa 31 idosas que foram divididas em dois grupos, 14 idosas participaram do grupo pilates e 17 do grupo controle. As idosas participantes do grupo pilates realizaram 16 sessões com uma hora de treinamento, duas vezes na semana, durante oito semanas. Quanto ao grupo controle, as idosas participaram de quatro palestras educativas durante oito semanas. Para a análise estatística foram realizados o teste de Shapiro-Wilk, ANOVA para medidas repetidas e o D de Cohen. Os resultados mostraram diferença significativa e efeito médio para o índice de D de Cohen da força dos músculos expiratórios do grupo pilates, ao comparar antes (69,71 ± 25,48) e após (85,23 ± 22,21) o treinamento (p<0,05), com aumento de 23%. Os resultados da força muscular inspiratória não apresentaram diferença significativa, mas apresentou efeito médio para o D de Cohen para o grupo pilates comparando antes (69,71 ± 35,46) e após (88,00 ± 34,87) o treinamento, com um aumento de 27%. O grupo controle não apresentou diferença significativa para as variáveis avaliadas. Pode-se concluir que o método pilates foi eficaz na melhora da força muscular expiratória e apresenta efeito positivo sobre o aumento da força muscular inspiratória.

Biografia do Autor

Beatriz Mendes Tozim, Universidade Estadual Paulista

Universidade Estadual Paulista

Marcelo Tavella Navega, Universidade Estadual Paulista

Universidade Estadual Paulista

Downloads

Publicado

2018-03-14

Edição

Seção

Artigos Originais