Desenvolvimento motor de pré-escolares no intervalo de 13 meses

Autores

  • Maria Joana Duarte Caetano Laboratório de Estudos da Postura e da Locomoção. Universidade Estadual Pauli
  • Carolina Rodrigues Alves Silveira Laboratório de Estudos da Postura e da Locomoção. Universidade Estadual Pauli
  • Lilian Teresa Bucken Gobbi Laboratório de Estudos da Postura e da Locomoção. Universidade Estadual Pauli

DOI:

https://doi.org/10.1590/%25x

Palavras-chave:

Movimento, Desempenho psicomotor, Grupos etários <p> Movement, Psychomotor performance, Age groups

Resumo

O desenvolvimento motor é um processo de mudanças no nível de funcionamento de um indivíduo, onde uma maior capacidade de controlar movimentos é adquirida ao longo do tempo. Assim, o objetivo principal deste estudo foi analisar as mudanças no comportamento motor de crianças no intervalo de 13 meses. Participaram deste estudo 35 crianças entre 3 e 7 anos de idade distribuídas por faixa etária em 4 grupos. O desempenho motor de cada participante foi avaliado e re-avaliado após 13 meses por meio da Escala de Desenvolvimento Motor, que compreende uma bateria de testes envolvendo tarefas específicas por idade nos itens motricidade fina, motricidade global, equilíbrio, esquema corporal/rapidez e organização espacial. Foram realizadas comparações do desempenho motor intra e entre os grupos, para cada item da bateria. Os resultados mostraram que o desempenho motor nas tarefas de equilíbrio melhorou após 13 meses para todos os grupos etários; para motricidade fina, motricidade global e esquema corporal as crianças de 3, 4 e 5 anos melhoraram seu desempenho entre as avaliações; para organização espacial somente as crianças de 3 e 5 anos melhoraram seu desempenho quando re-avaliadas. Estes resultados sugerem que o desenvolvimento nesta faixa etária ocorre de forma não homogênea, ou seja, apresenta ritmos diferentes para os itens da motricidade. Fatores do ambiente, do indivíduo e da tarefa podem explicar as mudanças desenvolvimentistas ocorridas em um período de 13 meses. Conclui-se que o processo de desenvolvimento de cada componente da motricidade é dinâmico e apresenta aspectos de não linearidade.

Biografia do Autor

Maria Joana Duarte Caetano, Laboratório de Estudos da Postura e da Locomoção. Universidade Estadual Pauli

Mais informações:
Currículo Lattes

Carolina Rodrigues Alves Silveira, Laboratório de Estudos da Postura e da Locomoção. Universidade Estadual Pauli

Mais informações:
Currículo Lattes

Lilian Teresa Bucken Gobbi, Laboratório de Estudos da Postura e da Locomoção. Universidade Estadual Pauli

Mais informações:
Currículo Lattes

Downloads

Publicado

2005-06-12

Edição

Seção

Artigos Originais