Comportamento ideológico de liderança de professores técnicos líderes de equipes esportivas escolares – modalidade basquetebol

Autores

  • Antonio Carlos Simões USP
  • Helio Serassuelo Junior Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo – EEFEUSP
  • Luiz Carlos Delphino de Azevedo Junior Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo – EEFEUSP
  • Sérgio Ricardo de Souza Oliveira Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo – EEFEUSP

DOI:

https://doi.org/10.1590/%25x

Palavras-chave:

Liderança, Basquetebol, Professores-técnicos, Alunos-atletas, Leadership, Basketball, Behavior, Teacher-Coaches, Student-Athletes

Resumo

O objetivo deste estudo foi caracterizar que o comportamento ideológico de liderança, empregado pelos professores de educação física, como técnicos líderes de equipes escolares masculina e femininas de basquetebol, poderia ser avaliado pelo Sistema ACS (módulo 3), desenvolvido e validado para identificar a maneira como os professores / técnicos descrevem suas próprias ideologias de liderança e/ou alunos-atletas descrevem os comportamentos dos seus líderes quanto às duas dimensões específicas do comportamento dos lideres: relações interativas e operativas. Participaram do estudo 203 alunos-atletas, 103 do sexo masculino e 100 do feminino, e 20 professores / técnicos, componentes de equipes de basquetebol de escolas do ensino médio de diversos Estados do Brasil. Os dados coletados foram transferidos para um programa especifico do sistema ACS, e os resultados das freqüências esperadas e observadas tratados pelo recurso estatístico não paramétrico qui-quadrado. Os resultados indicam que as relações interativas e operativas são dimensões fundamentais do comportamento dos professores / técnicos como lideres e que o sistema de avaliação (ACS 3) oferece técnica prática e útil para avaliar a ideologia de liderança empregada pelos técnicos à frente das equipes de basquetebol. Podemos concluir que professores / técnicos e alunos / atletas, das equipes masculinas e femininas de basquetebol, tendem a avaliar de forma dissonante as contribuições das duas dimensões específi cas do comportamento dos líderes: relações interativas e operativas. O estilo de liderança autoritário participativo prevalece nas equipes masculinas e femininas de basquetebol. O estilo de liderança democrático liberal praticamente não faz parte do comportamento e da ideologia de liderança empregada pelos professores / técnicos.

Biografia do Autor

Antonio Carlos Simões, USP

Mais informações:
Currículo Lattes

Helio Serassuelo Junior, Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo – EEFEUSP

Mais informações:
Currículo Lattes

Luiz Carlos Delphino de Azevedo Junior, Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo – EEFEUSP

Mais informações:
Currículo Lattes

Sérgio Ricardo de Souza Oliveira, Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo – EEFEUSP

Mais informações:
Currículo Lattes

Downloads

Publicado

2007-03-30

Edição

Seção

Artigos Originais