A atividade física pode influenciar no efeito da vacina para COVID-19 em idosos?

Autores

DOI:

https://doi.org/10.1590/1980-0037.2020v22e76586

Palavras-chave:

Atividade física, Atividade motora, COVID-19, Doenças preveníveis por vacina, Idoso

Resumo

Estudos tem demonstrado reduções na capacidade de resposta imune com o processo do envelhecimento (imunosenescência). Fatores de estilo de vida (atividade física e dieta) começaram a ser investigados como possíveis coadjuvantes para melhorar o efeito das vacinas sobre o sistema imunológico em idosos. O objetivo deste artigo de opinião é analisar os estudos sobre atividade física e o efeito de vacinas contra a influenza, na tentativa de sugerir que os seus resultados possam ser encontrados, também, em futuras pesquisas sobre atividade física e vacinas contra o COVID-19. Considerando os resultados dos trabalhos analisados, pode-se sugerir que a prática de atividade física melhora as respostas à vacina contra a influenza. Desta forma, pode-se supor, que ao se fazer a transferência destes achados para o COVID-19, a importância da prática regular da atividade física na população específica de idosos passa a ser extremamente relevante durante a atual pandemia.

 

Referências

World Health Organization. Novel Coronavirus (2019-nCoV). Available at: https://www.who.int/ [accessed 09.10.2020].

Deming ME, Michael NL, Robb M, Cohen MS, Neuzil KM. Accelerating Development of SARS-CoV-2 Vaccines - The Role for Controlled Human Infection Models [published online ahead of print, 2020 Jul 1]. N Engl J Med 2020;383(10):e63.

Kohut ML, Cooper MM, Nickolaus MS, Russell DR, Cunnick JE. Exercise and psychosocial factors modulate immunity to influenza vaccine in elderly individuals. J Gerontol A Biol Sci Med Sci 2002; 57 (9): M557-M562.

Schuler PB, Leblanc PA, Marzilli TS. Effect of physical activity on the production of specific antibody in response to the 1998-99 influenza virus vaccine in older adults. J Sports Med Phys Fitness 2003;43(3):404.

Kohut ML, Arntson BA, Lee W, Rozeboom K, Yoon KJ, Cunnick JE, McElhaney J. Moderate exercise improves antibody response to influenza immunization in older adults. Vaccine 2004; 22(17-18):2298-2306.

Woods JA, Keylock KT, Lowder T, Vieira VJ, Zelkovich W, Dumich S, et al. Cardiovascular exercise training extends influenza vaccine seroprotection in sedentary older adults: the immune function intervention trial. J Am Geriatr Soc 2009;57(12):2183-91.

Wong GCL, Narang V, Lu Y, Camous X, Nyunt MSZ, Carre C, et al. Hallmarks of improved immunological responses in the vaccination of more physically active elderly females. Exerc Immunol Rev 2019; 25:20-33.

Pitanga FJG, Beck, CC, Pitanga CPS. Atividade física e redução do comportamento sedentário durante a pandemia do Coronavírus. Arq Bras Cardiol 2020; 114(6): 1058-1060.

Pitanga FJG, Beck, CC, Pitanga CPS. Should physical activity be considered essential activity during the covid-19 pandemic? Int J Cardiovasc Sci 2020; 33(4): 401-403.

Pitanga, FJG, Beck CC, Pitanga CPS. Inatividade física obesidade e COVID-19: perspectivas entre múltiplas pandemias. Rev Bras Ativ Fís Saúde 2020; 25: e0114.

Downloads

Publicado

2020-11-25

Edição

Seção

Ponto de Vista