A saia justa da Arqueologia Brasileira: mulheres e feminismos em apuro bibliográfico

Loredana Ribeiro, Bruno Sanches Ranzani da Silva Formado, Sarah Schimidt, Lara Passos

Resumo


Este trabalho introduz uma reflexão sobre as condições estruturantes da arqueologia brasileira no que se refere a assimetrias de sexo e gênero, mapeando o papel das arqueólogas e das teorias feministas nos processos de construção e comunicação científica e na formação de estudantes a partir da composição sexual da comunidade científica, da análise de publicações em periódicos e dos projetos pedagógicos dos cursos de graduação em Arqueologia.


Palavras-chave


Assimetria de Sexo e Gênero; Produção Intelectual; Ensino de Graduação; Arqueologia Brasileira

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.1590/%25x

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 Licença Creative Commons
A Revista Estudos Feministas está sob a licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional

 

Revista Estudos Feministas, ISSN 1806-9584, Florianópolis, Brasil.