Tradução e interpretação: uma perspectiva hermenêutica

Carolina Paganine

Resumo


Dada a relevância da interpretação no ato de traduzir, a Hermenêutica, como campo de conhecimento que investiga os meandros da interpretação, abre caminhos para refletir a fidelidade na tradução e a impossibilidade dessa tarefa. De acordo com Hans-Georg Gadamer, a tradução, como qualquer atividade de compreensão humana, acontece por meio de uma interpretação. Esta é fundamentada no diálogo entre texto e tradutor que se deixa guiar pelas perguntas, ou temas, que a obra coloca. Tal abordagem relativiza a dicotomia entre forma e conteúdo, na qual a fidelidade baseia-se, por considerar a obra literária como um todo único, que surge na continuidade e na partilha de nosso conhecimento. Além disso, a hermenêutica, ao apontar para a íntima relação entre interpretação e compreensão, estabelece a atividade tradutória não só como possível, mas também criativa.

Palavras-chave


Tradução literária; Estudos da tradução; Interpretação; Hermenêutica; Fidelidade; Possibilidade da tradução.

Texto completo:

PDF/A


DOI: http://dx.doi.org/10.5007/%25x

Sci. Trad., © 2005, UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 1980-4237

Creative Commons License
Scientia Traductionis is licensed under a Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.