Sobre passagens selecionadas do Ulysses, suas traduções e tradutores

Gustavo Althoff, Jolanta Wawrzycka

Resumo


http://dx.doi.org/10.5007/1980-4237.2010n8p325

As sete passagens do Ulysses apresentadas neste dossiê – “Ulysses Traduzido ao Português” – representam um amplo espectro da experimentação estilística de Joyce. Elas são suficientemente desafiadoras para um leitor nativo, mas apresentam um conjunto bem diferente de desafios ao tradutor. A língua de Joyce está crivada de nuances e sutilezas; algumas delas são imperceptíveis aos leitores, mas desconcertam os tradutores. A abertura de “Telemachus” (Telêmaco)2, “Stately, plumb Buck Mulligan came from the stairhead (…)”, pode não parecer impor dificuldade alguma, até o momento em que o tradutor tenha de decidir por seus leitores acerca da natureza (e referência) da palavra de abertura, “Stately.”


Palavras-chave


Estudos da Tradução; James Joyce

Texto completo:

PDF/A


Sci. Trad., © 2005, UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 1980-4237 Creative Commons License
Scientia Traductionis is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License

.