A cor què vols: sociolingüística de la traducció exòtica / Com o coração à larga: sociolinguística da tradução exótica.

Ovidi Carbonell i Cortès, Mauri Furlan

Resumo


http://dx.doi.org/10.5007/1980-4237.2010n7p43

Ovidi Carbonell i Cortès é professor titular de Tradução na Universidad de Salamanca. Tem publicado diversos ensaios sobre teoria da tradução intercultural (Traducir al Otro, 1997; Traducción y Cultura, 1999; Übersetzen ins Andere, 2002),  em como diversos artigos sobre representacão cultural, exotismo e ideologia na tradução. Suas línguas de trabalho são o inglês, árabe, castelhano e catalão, e sua pesquisa se centra em questões cognitivas, sociolinguísticas, semióticas e  hermenêuticas na transmissão entre estas línguas, bem como sua influência nas respectivas culturas. Desde 2006, coordena o Programa Oficial de Pós-graduação Traducción y  ediación intercultural en entornos profesionales, da Universidad de Salamanca.


Palavras-chave


Teoria da Tradução; Tradução Intercultural; Ideologia na Tradução

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1980-4237.2010n7p43

Sci. Trad., © 2005, UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 1980-4237

Creative Commons License
Scientia Traductionis is licensed under a Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.