Ítaca de Ulysses em cinco versões ao português

Autores

  • Afonso Teixeira Filho FAPESP

DOI:

https://doi.org/10.5007/1980-4237.2012n12p409

Palavras-chave:

Estudos da Tradução, Literatura Comparada, Literatura Irlandesa, Ulysses, James Joyce

Resumo

Analisamos aqui as diferentes traduções para o português de um excerto do episódio “Ítaca” do romance Ulysses, de James Joyce. O episódio reproduz, em forma de pastiche e recorrendo a diversas formas de linguagem – inquérito, manual técnico –, a passagem da Odisseia, de Homero, em que Ulisses retorna para casa e a encontra assediada por diversos príncipes que queriam tomar-lhe o reino. Percebe-se, pela análise das traduções, que as posteriores à de António Houaiss (1966) são todas, em maior ou menor medida, tributárias à dele. Percebe-se também que buscaram superar aquilo que acreditavam ser deficiências na tradução de Houaiss. No entanto, nada acrescentaram de novo ao entendimento da obra de Joyce.

Biografia do Autor

Afonso Teixeira Filho, FAPESP

Possui graduação em Letras pela Universidade de São Paulo (2001) e doutorado em Estudos Linguísticos e Literários em Inglês pela mesma Universidade (2008). É pesquisador da FAPESP na área de Teoria da Tradução. Paralelamente, desenvolve pesquisa na área de Filologia Românica, sobre as línguas ibéricas, com ênfase no mirandês. Está no terceiro ano da Faculdade de Filosofia. Tem formação musical (piano) e já ministrou cursos de História da Ópera, Literatura, Cinema, História e Política. É tradutor profissional e já traduziu mais de 40 obras; trabalhou como revisor, preparador de textos e lexicógrafo.

Downloads

Publicado

2012-12-27

Edição

Seção

Análise de quatro excertos de traduções do Ulysses ao PT-BR / Analisys of four translated excerpts of Ulysses into PT-BR