Tradução Intersemiótica do ‘Poeta Comedor de Leões no Covil de Pedra’ – 施氏食獅史

Chao Yuen Ren, João Queiroz, Chia Yu Lu, Guilherme de Oliveira Silva, Mariana Salimena

Resumo


http://dx.doi.org/10.5007/1980-4237.2014n15p380

Neste trabalho, traduzimos intersemioticamente o poema ‘O Poeta Comedor de Leões no Covil de Pedra’ (施氏食獅史, em chinês tradicional) de Chao Yuen Ren. A tradução do poema partiu de um exame direto do texto, em duas versões chinesas, e da comparação com duas traduções (ao inglês e ao francês) dele, ambas de caráter cognitivo-discursivo. O resultado, uma série de imagens baseadas em um pequeno acervo de componentes gráfico-cromáticos, se deteve na sucessão temporal dos eventos. A sequência de cortes abruptos e a estrutura rítmica variável tentam compensar a perda mais significativa do signo-fonte traduzido que é a ambiguidade baseada nas variações tonais da mesma unidade fonêmica.

ABSTRACT

In this paper, we intersemiotically translate the poem ‘The Lion-Eating Poet in the Stone Den’ (施氏食獅史 in traditional chinese). The translation of the poem started from a direct examination of the text, in two Chinese versions, and comparison with two cognitive-discursive translations (English and French). The result, a series of images based on a small collection of graphic-chromatic components, focused on the temporal succession of the events. The sequence of cuts, and variable rhythmic structure, try to compensate the most important loss of the translated sign-source, which is the ambiguity based on the tonal variations of the same phonetic unity.   

Keywords: Intersemiotic translation; The Lion-Eating Poet in the Stone Den; Chao Ruen Ren


Palavras-chave


Tradução intersemiótica; ‘Poeta Comedor de Leões no Covil de Pedra’; Chao Yuen Ren

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1980-4237.2014n15p380

Sci. Trad., © 2005, UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, eISSN 1980-4237

Creative Commons License
Scientia Traductionis is licensed under a Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.