O filme-ensaio e sua contemporaneidade: imagens para além da sala escura

André Luiz Olzon Vasconcelos, Rodrigo Gontijo

Resumo


Esse artigo discute o filme-ensaio, sobretudo o live-cinema, demonstrando a singularidade estética desse tipo de produção audiovisual contemporânea. O trabalho buscou organizar a bibliografia internacional e nacional a respeito do assunto, além de apresentar exemplos de performances desta vertente cinematográfica.

Palavras-chave


Filme-Ensaio; Live Cinema; Cinema Expandido

Texto completo:

PDF/A

Referências


ALTER, Nora M. Translating the essay into film and installation. Journal of Visual Culture, v. 6, n. 1, p. 44-57, 2007

ARTHUR, Paul. Essay questions from Alain Resnais to Michael Moore. Film Comment, v. 39, n. 1, p. 58-62, 2003.

ASTRUC, Alexandre. The Birth of a New Avant-Garde: La Caméra-Stylo,” in The New Wave: Critical Landmarks, Ed. Peter Graham, Doubleday, Garden City, NY, 1968. P. 17-23

CORRIGAN, Timothy. O filme-ensaio: Desde Montaigne e depois de Marker. Campinas: Papirus, 2015.

FAROCKI, Harun. Trailers Escritos. IN: MOURÃO, Maria Dora G.; BORGES, Cristian; MOURÃO, Patrícia (Ed.). Harun Farocki por uma politização do olhar. São Paulo: Cinemateca Brasileira, 2010.

FÉRAL, Josette. Performance e Performatividade: o que são os estudos performáticos? In MOSTAÇO, E.; BAUMGÄRTEL, S.; COLLAÇO, V. (orgs.). Sobre Performatividade. Florianópolis: Letras Contemporâneas, 2009.

FERREIRA, Carolin Overhoff. Em favor do cinema indisciplinar: o caso português. Rebeca-Revista Brasileira de Estudos de Cinema e Audiovisual, v. 1, n. 2, p. 40, 2016.

GONTIJO, Rodrigo. Filmes em Atos Performáticos - do Cinema Expandido ao Live Cinema. In TEIXEIRA, Francisco Elinaldo (org.). O Ensaio no Cinema. São Paulo: Hucitec, 2015.

FISCHER-LICHTE, Erika. Estética de lo performativo. Madrid: Abada, 2011

GORIN, Jean-Pierre. Der Weg der Termiten: Beispiele eines essayistischen Kinos 1909-2004. Viennale, 2007.

NARBONI, Jean; MILNE, Tom. Godard on Godard. New York: Viking, 1972.

NICHOLS, Bill. Introdução ao documentário. Campinas: Papirus Editora, 2001.

RASCAROLI, Laura. The essay film: Problems, definitions, textual commitments. Framework: The Journal of Cinema and Media, v. 49, n. 2, p. 24-47, 2008.

SCHERER, Christina. Ivens, Marker, Godard, Jarman. Erinnerung im Essayfilm. München: Fink, 2001.

TEIXEIRA, Francisco Elinaldo. O ensaio no cinema. Formação de um quarto domínio das imagens na cultura audiovisual contemporânea. São Paulo: Hucitec Editora, 2015.

______. Ao modo de conclusão – abertura para um novo capítulo Incidências e Avatares de um Cine-Ensaio no Brasil. In TEIXEIRA, Francisco Elinaldo (org.). O Ensaio no Cinema. São Paulo: Hucitec, 2015.

WEINRICHTER, Antonio. La forma que piensa: tentativas en torno al cine-ensayo. Gobierno de Navarra, 2007.

______. Um conceito fugidio. Notas sobre o filme-ensaio. In TEIXEIRA, Francisco Elinaldo (org.). O Ensaio no Cinema. São Paulo: Hucitec, 2015.




DOI: https://doi.org/10.5007/1807-9288.2018v14n1p104



Direitos autorais 2018 André Luiz Olzon Vasconcelos, Rodrigo Gontijo

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Texto DigitalUniversidade Federal de Santa CatarinaFlorianópolisSanta Catarina, Brasil. ISSNe 1807-9288

 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.