O primeiro amor é sempre o último de Tahar Ben Jelloun, tradução de Joana Angélica d’Avila Melo.

Autores

  • Fedra R Hinojosa Universidade Federal de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7968.2009v1n23p193

Resumo

.

Downloads

Publicado

2009-12-10

Edição

Seção

Resenhas de Tradução