Sobre a Revista

Foco e Escopo

A revista Cadernos de Tradução apresenta em seu conteúdo: artigos inéditos, artigos traduzidos relacionados aos Estudos da Tradução, resenhas de livros relativos à tradução (análise, teoria, história), resenhas de obras traduzidas e entrevistas com tradutores, professores e autoridades da área dos Estudos da Tradução.

O público-alvo leitor dessa revista é majoritariamente formado por alunos de graduação e pós-graduação, professores, editores, tradutores, escritores e pesquisadores da área de tradução e áreas afins, estrangeiros e brasileiros. Informamos que a revista recebe trabalhos em fluxo contínuo para suas edições.

Cadernos de Tradução não se responsabiliza ou endossa as opiniões emitidas pelos autores dos textos nela publicados, salientando que as opiniões são de exclusiva responsabilidade do autor.

Processo de Avaliação pelos Pares

Os artigos, entrevistas e resenhas submetidos à Cadernos de Tradução são encaminhados à editora-chefe, aos editores-assistentes e aos membros da comissão editorial da revista para uma primeira revisão. Essa revisão é uma avaliação inicial para constatar se o texto se enquadra nas diretrizes da revista e se uma avaliação externa integral é justificada.

Após essa avaliação preliminar, os trabalhos são enviados à apreciação de pareceristas integrantes da Comissão Editorial, Conselho Consultivo ou consultores ad hoc, conforme temática do artigo. Autores que já publicaram na revista poderão ser convidados a realizar o parecer.

Todos os pareceristas recebem os artigos via portal e a avaliação pode ser feita às cegas ou de forma aberta desde que haja concordância entre o autor e o parecerista. Além do manuscrito para avaliação, os pareceristas recebem um formulário padrão de avaliação e uma declaração sobre "conflito de interesses" que deve ser assinada e enviada à editora-chefe do periódico.

Observação: Há conflito de interesses quando um autor (ou a instituição do autor), revisor, parecerista ou editor tem relações financeiras ou pessoais que influenciem de forma inapropriada (viés) suas ações.

Os originais poderão ser:

- Aceitos na íntegra, sem restrições
- Aceitos na íntegra, com algumas alterações
- Recusados

Tanto as colaborações recusadas quanto as aceitas serão comunicadas aos autores. O Conselho Consultivo da revista e a Equipe Editorial reservam-se o direito de não comentar os motivos nos casos de recusa.

A revista reserva-se o direito de não aceitar para avaliação mais de um texto inédito por autor ao ano.

No caso de inserção de imagens, a responsabilidade pelos trâmites relativos aos direitos de reprodução será exclusivamente dos autores. A revista não se responsabiliza pelas imagens enviadas. A condição deverá ser aceita pelo autor no ato da submissão via portal, conforme modelo abaixo:

Declaro ser autor(a), ou licenciado(a), ou cessionário(a) ou possuo autorização prévia e expressa do autor(a) expressa, seja por instrumento oneroso ou gratuito, com finalidade de utilização e reprodução das imagens constantes em minha obra que será publicada na Revista Cadernos de Tradução, ISSN 2175-7968, no âmbito do Portal de Periódicos da UFSC, indexada na base SciELO.

No caso de não existência de permissão prévia de utilização de obras de terceiros ou hipótese de limitação dos Direitos Autorais - Art. 46 da Lei Brasileira de Direitos Autorais - o declarante, ciente do teor dos artigos 24 e 29 do referido diploma normativo,  assume toda a responsabilidade por eventual violação de Direitos Autorais

Toda comunicação com a revista deverá ser feita através dos endereços eletrônicos: suporte.cadernostraducao@contato.ufsc.br ou ecadernos@gmail.com

O envio de trabalhos deve ser feito, obrigatoriamente, através do portal de periódicos. Para acesso completo ao periódico, o autor deve criar um perfil como “autor” e obter automaticamente um login e senha de acesso em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/traducao/login

Periodicidade

A partir de 2022 a revista Cadernos de Tradução publica em Fluxo Contínuo seguindo os princípios da Ciência Aberta.

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

Preservação Digital

A revista Cadernos de Tradução preocupa-se em garantir o acesso duradouro ao seu conteúdo. Caso ocorra algum incidente nos serviços, os arquivos digitais da revista são preservados na Rede Cariniana, por meio do programa LOCKSS. LOCKSS cria um sistema de arquivos distribuído entre as bibliotecas participantes, que lhes permite criar arquivos permanentes de seus periódicos para preservação e restauração.

Indexada em

SciELO - Scientific Electronic Library Online

Scopus 

Web of Science: Emerging Sources Citation Index

Google Acadêmico

DIADORIM - Diretório de Acesso Aberto das Revistas Científicas Brasileiras 

Dialnet

DOAJ - Directory of Open Access Journals

Europub

LATINDEX - Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal

MLA – Modern Language Association International bibliography

Portal de Periódicos CAPES

REDIB - Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico

ULRICHS - Ulrichs Periodical Directory

Estatísticas da Revista Cadernos de Tradução

Awstats - julho 2008 - junho 2017

Google Acadêmico - Artigos mais citados

Pré-Print

A revista Cadernos de Tradução aceita a submissão de artigos em servidor preprint. Para submeter um manuscrito em preprint, os autores declaram aceitar todas as diretrizes de submissão da revista Cadernos de Tradução, do servidor Preprint SciELO e consentem sua publicação nos servidores.

Para postar um artigo em preprint, o autor da submissão deve ter pelo menos três artigos de qualquer data ou dois artigos recentes dos últimos dois anos com DOIs ativos no repositório Crossref.

A revista Cadernos de Tradução salienta que ao servidor  SciELO Preprints pode rejeitar qualquer manuscrito por qualquer motivo. Os textos submetidos ao servidor SciElo Preprints devem ser enviados em PDF ou esquema de publicação XML. Imediatamente após a aceitação, um preprint receberá um DOI e ficará disponível ao público como atribuição de acesso aberto CC-BY.

Depois de publicados, os preprints não podem ser removidos. O servidor SciELO Preprints removerá os preprints sempre que for detectada uma violação da ética.

Quando um periódico SciELO aprova um preprint submetido, o servidor vinculará o preprint à sua URL do periódico correspondente e também atualizará o registro Crossref com o relacionamento entre eles.

Conduta Ética

Declaração de Ética da Publicação

A revista Cadernos de Tradução prima pelas práticas de respeito à conduta ética, seguindo as seguintes recomendações:

  1. Principles of Transparency and Good Practice in Academic Publications: Committee on Publication Ethics (COPE)
  2. White Paper on Promoting Integrity in Scientific Journal Publications: Council of Science Editor (CSE). Diretrizes do CSE para promover integridade em publicações de periódicos científicos. Tradução de Ana Maria Tomasevicius: Associação Brasileira de Editores Científicos (ABEC Brasil)
  3. Recommendations for the Conduct, Reporting, Editing, and Publication of Scholarly Work in Medical Journals: International Commitee of Medical Journal Editors (ICMJE).
  4. Enhancing the QUAlity and Transparency Of Health Research: Equator Network (Link).
  5. Definition of research misconduct: The Office of Research Integrity. (Link)
  6. The Hong Kong Principles for Assessing Researchers - Fostering research integrity: Plos Biology (DOI)
  7. San Francisco Declaration on Research Assessment (DORA)
  8. Código de Boas Práticas Científicas: Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
  9. Relatório da Comissão de Integridade de Pesquisa do CNPq: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
  10. Guide to promoting the opening, transparency, and reproducibility of research published: Scientific Electronic Library Online (SciELO)
  11. Guia de Boas Práticas para o Fortalecimento da Ética na Publicação Cientifica: Scientific Electronic Library Online (SciELO)
  12. Formulário de Conformidade com a Ciência Aberta: Scientific Electronic Library Online (SciELO)


1) Da responsabilidade dos autores

- Os autores são responsáveis pelo conteúdo de seus artigos, assim como pelos direitos autorais de imagens, vídeos e quaisquer elementos textuais ou complementares ao seu artigo.

 - Os autores poderão ser convidados para participar do processo de revisão de artigos para este periódico no futuro.

- Os autores declaram que têm contribuição significativa para a pesquisa divulgada em seu artigo, quando for o caso.

- Os autores obrigam-se a oferecer ao periódico retratações ou correções de eventuais erros.

- Caso o artigo tenha sido escrito com base em pesquisa que apresenta reais riscos para os participantes, é obrigatória a apresentação de parecer do Comitê de Ética da instituição do pesquisador.

- A ordem de autoria dos nomes dos autores é uma decisão coletiva dos autores ou grupo de estudo.

1.1) Autores

A indicação de autoria em um trabalho científico se deve apenas àqueles que:

a) Contribuem intelectual, direta e substancialmente na concepção da pesquisa/artigo (aquisição, análise ou interpretação dos dados do estudo).

b) Participam na construção das versões preliminares ou revisão crítica do conteúdo do artigo.

c) Aprovam a versão final do artigo a ser publicado.

d) Responsabilizam-se pela autoria, a fim de garantir exatidão e integridade do artigo.

Os autores devem apresentar a declaração de conflito de interesses quando aplicável.

2) Da responsabilidade dos pareceristas/avaliadores

Avaliar os trabalhos submetidos à revista de forma objetiva e por seu conteúdo intelectual, sem discriminação de raça, gênero, orientação sexual, religião, origem geográfica ou pensamento político. A avaliação se baseia no mérito do trabalho, não influenciada, positiva ou negativamente, por motivos pessoais, financeiros ou preconceitos intelectuais.

Tratar com confidencialidade as colaborações dos autores enquanto estiverem sob avaliação e caso o trabalho seja recusado. Os trabalhos serão objeto de avaliação ou discussão com terceiros unicamente por autorização dos editores da revista.

Informar aos editores que o trabalho submetido apresenta conteúdo publicado anteriormente pelo autor ou por terceiro e os autores deverão providenciar que tais conteúdos venham sempre acompanhados da respectiva remissiva bibliográfica, indicando sua origem.

Alertar os editores de que o artigo fere os princípios éticos da revista quando houver semelhança substancial ou indício de que o artigo em avaliação já tenha sido publicado em outro meio. O avaliador deve se certificar de qualquer potencial conflito de interesse na revisão da submissão. Ao se deparar com alguma irregularidade, o editor é comunicado, como por exemplo: identificação de plágio; fabricação, falsificação dos resultados; publicação redundante.

3) Responsabilidades do revisor para com os editores 

- Cumprir com as instruções quanto ao escopo, conteúdo e qualidade da revisão.

- Fornecer uma crítica respeitosa, cuidadosa e construtiva.

- Observar as questões éticas.

4)  Do processo de avaliação

- Os pareceristas devem chamar a atenção para textos ou trechos já publicados e que não tenham sido citados.

- A revista entende que qualquer forma de plágio não é aceitável e usa ferramentas para sua detecção, tais como: Copy Spider e Ithenticate. 

- A decisão final sobre a publicação ou não de um texto cabe aos editores. Sempre que um texto tenha qualidade acadêmica e cumpra os critérios estabelecidos pela revista, ele é encaminhado para a avaliação.

- Os critérios de avaliação são o mérito acadêmico e o aprimoramento da qualidade do conhecimento, não havendo qualquer tipo de discriminação.

- Não é permitido aos editores usarem informações constantes nos artigos em avaliação sem o consentimento explícito dos autores.

5) Da ética na publicação

- Em nenhum caso, incentivamos más condutas ou permitimos que elas aconteçam.

- Qualquer alegação de conduta imprópria de pesquisa são imediatamente averiguadas.

- A revista publica erratas para corrigir artigos quando necessário.

- A revista está sempre disposta a publicar correções, esclarecimentos, direito de resposta, retrações e desculpas quando necessário.

6) Dos direitos de autor e do acesso universal

- As licenças usadas pelo periódico estão descritas no site.

- Todos os artigos em conteúdo completo estão livres de taxas e são disponibilizados em sua totalidade para qualquer leitor sem a necessidade de cadastro ou senha. 

7) Más condutas

Maus tratos a sujeitos de pesquisa

Falsificação e fabricação de dados

Pirataria e Plágio

8) Agradecimentos

Em uma seção de agradecimentos, os autores podem incluir os nomes e contribuições daqueles cujo envolvimento no estudo não os qualificou para autoria ou, devido à política do periódico sobre o número de autores na assinatura do autor, não podem ser incluídos na autoria. Quando for o caso, indica-se colocar o número de processo e financiamento de pesquisa.

9) Editores

A prática editorial e a relação do editor com autores e avaliadores estão amparadas no Código de conduta para editores, do Committee on Publication Ethics (COPE).
Toda decisão editorial se fundamenta na relevância, originalidade, clareza e validade do estudo para atendimento do escopo da revista.

10) Retratações e expressões de preocupação

É dever do editor agir em caso de suspeita ou alegação de má conduta, seja em envios ou artigos publicados. Este diário segue o fluxograma do COPE para estabelecer os fatos e determinar as ações necessárias para resolver os casos. Também está em conformidade com os procedimentos da SciELO para documentar retratações e manifestações de preocupação baseadas em diretrizes desenvolvidas por comitês internacionais especializados em ética em pesquisa.

11) Dos demais princípios

- As informações sobre a propriedade, os direitos autorais e/ou gestão da revista estão claramente indicados no site da revista.

- A revista também publica números especiais.

- O periódico não cobra nenhum tipo de taxa de submissão, avaliação ou publicação.

Leituras Recomendadas

Commitee on Publication Ethics (COPE). Code of conduct and best practice guidelines for journal editors. 2011. (PDF)

Commitee on Publication Ethics (COPE). COPE ethical guidelines for peer reviewers. 2013. (PDF)

Commitee on Publication Ethics (COPE). Flowcharts. 2016. (PDF)

Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP). Código de boas práticas científicas. São Paulo: FAPESP, 2014. 46 p. (PDF)

International Comittee of Medical Editors (ICMJE). Recomendações para elaboração, redação, edição e publicação de trabalhos acadêmicos em periódicos médicos. Tradução de Eliane de Fátima Duarte e Thaís de Souza Andrade Pansani. 2014. (PDF)

Scientific Electronic Library Online (SciELO). Guia para o registro e publicação de retratações e manifestações de preocupação. 2015. (Link)

Patrocinadores