O uso dos gêneros textuais no ensino dos quatro eixos da língua portuguesa

Autores

  • Ariele Helena Holz Nunes Universidade Federal de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.5007/1984-8420.2020v21n2p259

Palavras-chave:

Gêneros textuais, Ensino, Língua Portuguesa

Resumo

Este estudo tem como objetivo analisar o uso dos gêneros textuais como ferramenta de ensino dos quatro eixos da Língua Portuguesa. Para tanto, o apoio teórico foi buscado em Bunzen (2007), Dolz e Schneuwly (2004), Marcuschi (2002), entre outros. Os caminhos metodológicos foram trilhados através da aplicação de um instrumento de pesquisa – um questionário com questões objetivas e dissertativas – com alunos do 1º e 2º ano do ensino médio de uma escola pública da cidade de Joinville/SC. Considerando que o trabalho com os gêneros textuais está previsto nos documentos oficiais de educação, foi questionado, especialmente, como os gêneros são abordados no ensino da Língua Portuguesa. A ideia central era investigar se os estudantes reconhecem a utilização dos gêneros textuais durante o ensino de Língua Portuguesa ou se esta noção de ensino e aprendizagem voltada aos textos na modalidade escrita e oral ainda é abstrata. Partindo desse pressuposto, mediante a análise dos dados, os resultados sugerem que o ensino de língua materna pautado nos gêneros textuais tem ganhado as salas de aula, embora as suas idealizações já tenham ocorrido há algumas décadas.

Biografia do Autor

Ariele Helena Holz Nunes, Universidade Federal de Santa Catarina

Mestranda em Linguística pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), na área de Sociolinguística e Dialetologia, com ênfase em contato, variação e mudança linguística. Possui graduação em Letras - Habilitação em Língua Portuguesa pela Universidade da Região de Joinville (2019). Além disso, atuou com como bolsista do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência - PIBID, estando envolta pelas questões referentes à temática do letramento digital.

Referências

ANTUNES, I. Gramática: uma área de muitos conflitos. In: ANTUNES, I. Muito além da gramática: por um ensino de línguas sem pedras no caminho. São Paulo: Parábola Editorial, 2007, p.19-24.

BAKHTIN, M. Marxismo e filosofia da linguagem. 16. ed. São Paulo: Hucitec, 1929.

BAKHTIN, M. Os gêneros do discurso: problemática e definição. In: BAKHTIN, M. Estética da criação verbal. 2. ed. São Paulo: Martins Fontes, 1997, p.277-279.

BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais: terceiro e quatro ciclos do ensino fundamental: língua portuguesa. Brasília: MEC/ SEF, 1998.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular: educação é a base. Brasília: MEC, 2018.

BEZERRA, M. A. Ensino de língua portuguesa e contextos teórico-metodológicos. In: DIONISIO, A. P.; MACHADO, A. R.; BEZERRA, M. A. Gêneros textuais e ensino. 2. ed. Rio de Janeiro: Lucerna, 2002, p.39-50.

BUNZEN, C. Da era da composição à era dos gêneros: o ensino de produção textual no ensino médio. In: BUNZEN, C.; MENDONÇA, M. Português no ensino médio e formação do professor. 2.ed. São Paulo: Parábola Editorial, 2007, p.139-162.

DOLZ, J.; SCHNEUWLY, B. Gêneros orais e escritos na escola. Tradução e organização Roxane Rojo e Glaís Sales Cordeiro. Campinas: Mercado das Letras, 2004.

LEAL, T. F.; MELO, K. L. R. de. Produção de textos: introdução ao tema. In: LEAL, T. F.; BRANDÃO, A. C. P. Produção de textos na escola: reflexões e práticas no ensino fundamental. Belo Horizonte: Autêntica, 2007, p.11-28.

MARCUSCHI, L. A. Gêneros textuais: definição e funcionalidade. In: DIONISIO, A. P.; MACHADO, A. R.; BEZERRA, M. A. Gêneros textuais e ensino. 2. ed. Rio de Janeiro: Lucerna, 2002, p.19-38.

MELO, C. T.V; CAVALCANTE, M.C.B. Oralidade no ensino médio: em busca de uma prática. In: BUNZEN, C.; MENDONÇA, M. (orgs.) Português no ensino médio e formação do professor. 2. ed. São Paulo: Parábola Editorial, 2007, p.181-198.

MENDONÇA, M. Análise linguística: refletindo sobre o que há de especial nos gêneros. In: SANTOS, C. F.; MENDONÇA, M.; CAVALCANTE, M. C.B. Diversidade textual: os gêneros na sala de aula. Belo Horizonte: Autêntica, 2007, p.73-88.

ROJO, R.; JURADO, S. A leitura no ensino médio: o que dizem os documentos oficiais e o que se faz? In: BUNZEN, C.; MENDONÇA, M. Português no ensino médio e formação do professor. 2.ed. São Paulo: Parábola Editorial, 2007, p.37-56.

SILVA, A. da; MELO, K. L. R. de. Produção de textos: uma atividade social e cognitiva. In: LEAL, T. F.; BRANDÃO, A. C. P. Produção de textos na escola: reflexões e práticas no ensino fundamental. Belo Horizonte: Autêntica, 2007, p.29-44.

TODOROV, T. Os gêneros do discurso. Trad. Elisa Angotti Kossovitch. São Paulo: Martins Fontes, 1980.

Downloads

Publicado

2020-12-10