Crianças e infâncias: universos a desvendar

Elaine de Paula

Resumo


As reflexões tecidas ao longo deste texto constituem uma tentativa de compreender os universos infantis, partindo da premissa de que as crianças são sujeitos atuantes e, por isso, críticas e (co)construtoras de seus “mundos”. Embora não estejam à parte do mundo dos adultos, ou alheias aos artefatos culturais disponibilizados pela sociedade, as crianças, “à sua moda”, ressignificam a realidade para melhor entendê-la, ou como diria Walter Benjamim, constroem um pequeno mundo inserido no grande.

Palavras-chave


Educação Infantil; Crianças; Universos Infantis

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/%25x

Zero-a-Seis, ISSN 1980-4512 Florianópolis, Brasil.