Relato de experiência educativa: desenvolvimento integral da criança

Autores

  • Alexandre Freitas Marchiori PMV-Prefeitura Municipal de Vitória

DOI:

https://doi.org/10.5007/1980-4512.2008n18p106

Palavras-chave:

Educação Infantil, Educação Física, Prática escolar, Docência

Resumo

O trabalho foi desenvolvido no Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) “Sinclair Phillips”, localizado na cidade de Vitória/ES, no Bairro Caratoíra. Vale ressaltar a importância de acreditar nas potencialidades e no conhecimento que cada criança traz consigo desde a mais tenra idade, pois é um ser em desenvolvimento e em plenas condições de ampliar seu conhecimento a partir das oportunidades que lhe são dadas, objetivando a formação de um cidadão crítico. Contribuiu-se para a aquisição de habilidades motoras, promoção da saúde, desenvolvimento cognitivo (intelectual), alfabetização e transmissão do conhecimento e cultura/arte historicamente constituídos. A criatividade e a autonomia da criança sempre foram norteadores dos objetivos da proposta de trabalho. Teve como objetivos: consolidar a Cultura Corporal de Movimento; trabalhar a aprendizagem social; proporcionar a inclusão social; desenvolver a criatividade; provocar e colaborar com construção da autonomia; estimular a iniciativa e a diversidade; provocar a conscientização das regras sociais; alfabetizar; oferecer acesso às artes; articular o conhecimento vivido/trabalhado na escola; oportunizar vivências de resgate da infância; e transmitir a cultura infantil. As aulas não se pautaram em uma única perspectiva, mas possibilitou formas de trabalho diversificadas, tendo a criança e seu desenvolvimento como foco de trabalho. Outro ponto de apoio correspondeu a adoção da Cultura Corporal de Movimento e Critico-emancipatória para desenvolver a intervenção e isso possibilitou um trabalho variado e riquíssimo. Os resultados são percebidos no dia-a-dia das crianças, demonstrados pelas ações de aceitação do outro, reconhecimento das regras de convivência; na materialização da aprendizagem: leitura, escrita e interpretação de algumas histórias infantis – isso inclui a sua encenação/vivência autônoma das crianças, além do acesso à cultura e artes oferecidos durante o ano letivo. Palavras chaves: Educação Infantil, Educação Física, prática escolar, docência.

Biografia do Autor

Alexandre Freitas Marchiori, PMV-Prefeitura Municipal de Vitória

Licenciatura Plena em Educação Física pela UFES-Universidade Federal do Espírito Santo; Especialização em Gestão Escolar para a Diversidade pela UGF-Universidade Gama Filho.

Downloads

Publicado

2008-12-12