Formação sobre avaliação na educação infantil

Fábio Tomaz Alves

Resumo


O presente relato baseia-se numa experiência que vivi enquanto supervisor escolar em uma instituição de educação infantil e tem a intenção de descrever os caminhos escolhidos e seguidos pelo grupo de profissionais que se co-responsabilizaram por parte de sua formação continuada, na modalidade “formação em serviço”, também conhecida na referida rede, como “formação descentralizada”, ou seja, aquela organizada pelo próprio grupo de profissionais em seu local de serviço e distinta da organizada pela Secretaria Municipal de Educação (SME) do referido município. O nome da creche e do grupo de profissionais será mantido em sigilo, porque este relato está sendo construído na perspectiva deste supervisor escolar e não reflete, necessariamente, a visão, ou melhor, a leitura de todas as profissionais envolvidas nesse processo e, também, porque parte das pessoas que participaram daquele movimento já não atuam mais na referida instituição. De qualquer forma, fica aqui o meu agradecimento pessoal a estas profissionais pelas contribuições que trouxeram a minha formação pessoal na curta passagem que tive pela instituição.

Palavras-chave


Educação infantil; Avaliação; Formação em serviço

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/1980-4512.2010n22p47

Zero-a-Seis, ISSN 1980-4512 Florianópolis, Brasil.