NOSSO AMIGO, O GATO

Autores

  • Alberto Carlos de Souza Universidade Salgado de Oliveira- UNIVERSO
  • Túlio Alberto Martins de Figueiredo Universidade Federal do Espírito Santo.
  • Lúcia Helena Marques Pinheiro Secretaria Municipal de Educação de Vitória.

DOI:

https://doi.org/10.5007/1980-4512.2012n25p75

Palavras-chave:

Crianças, Direitos animais, Educação Artística, Educação Infantil

Resumo

Experiência interdisciplinar desenvolvida com 25 alunos pré-escolares (idade entre 6 e 7 anos), de um centro de educação infantil, situado na periferia do município de Vitória – ES. O trabalho teve como objetivo despertar nas crianças, a partir da leitura da obra de arte “Gato Azul com Flores”, de Aldemir Martins, o sentimento de valorização, afeto e respeito pelos animais, no caso em questão, o gato. O trabalho foi desenvolvido em uma oficina com 10 horas/aulas de duração, utilizando-se como estratégias a dramatização, o canto e a representação pictórica individual. No primeiro momento as crianças foram apresentadas a reprografias de várias obras de arte que retratavam animais, dentro elas o “Gato Azul com Flores”, fazendo opção pela mesma. Nas aulas seguintes descreveram, a partir de experiências vividas no lar, os hábitos alimentares, de hidratação, de sono e repouso e de lazer do animal: os pais foram solicitados à trazerem por    alguns momentos os referidos animais de estimação para a apreciação do grupo, as crianças dramatizaram o papel de ser um gato – imitando, inclusive, a onomatopéia correspondente ao miado -, cantaram a música (em sua versão politicamente correta) “Não atire o pau no gato” e, por fim, criaram leituras sobre a obra do artista plástico Aldemir Martins, que foram expostas em um painel no hall de entrada da escola, por duas semanas,  para a apreciação da comunidade escolar. A experiência resultou numa grande mobilização das crianças, servindo como elemento para o desenvolvimento de uma atitude de valorização, afeto e respeito pelo gato e, por extensão, por outros animais. Foi interessante evidenciar que, em grande parte das representações pictóricas criadas pelos alunos, o gato azul com flores compareceu num contexto familiar tradicional e estruturado, o que nos permitiu elaborar inferências a respeito da estabilidade dos núcleos familiares daquelas crianças, em sua maioria pertencentes a segmentos menos favorecidos das classes populares.

 

 

 

Biografia do Autor

Alberto Carlos de Souza, Universidade Salgado de Oliveira- UNIVERSO

Mestrando em História

Túlio Alberto Martins de Figueiredo, Universidade Federal do Espírito Santo.

Doutor em Saúde Pública

Lúcia Helena Marques Pinheiro, Secretaria Municipal de Educação de Vitória.

Licenciada em Pedagogia

Downloads

Publicado

2012-01-01