Resistir para/com a infância continuar a existir: Transcrição de 21 lives sobre infâncias e Educação Infantil na pandemia de Covid-19

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/1980-4512.2020v22n42p852

Palavras-chave:

Crianças pequenas, Resistência, Covid-19

Resumo

Partindo da emergência de considerarmos as crianças e suas infâncias nas propostas voltadas à Educação Infantil, nesse cenário de educação não presencial no contexto da pandemia, nesta publicação da seção ‘Outras linguagens’, da revista Zero a Seis, reunimos transcrições de falas extraídas de vídeos ao vivo (lives) transmitidos pelo Youtube no período de abril a julho de 2020. As lives foram localizadas a partir de uma pesquisa prévia realizada pela pesquisadora Natalia Francisca Cardia dos Santos, publicada na edição especial “Covid-19: Educação em tempos de pandemia”, da Revista Olhar de professor, e selecionadas usando como critério tratarem de temáticas relacionadas à Educação Infantil em tempos de Covid-19, sob a ótica da defesa das crianças e das infâncias, com aporte na Pedagogia da infância e na Sociologia da infância. Avaliando ser essencial possibilitar uma visão interseccional da conjuntura social e política que permeia a educação e as políticas educacionais, incluímos também em nossa seleção algumas lives em que foram abordados temas como racismo na Educação Infantil, relações de gênero e a relação entre feminismo e políticas públicas de educação para a Educação Infantil, transmitidas até o mês de agosto do mesmo ano.  Vivemos um tempo sem precedentes, em que temas importantes como estes estão sendo discutidos, estudados e refletidos conjuntamente por meio de telas de computador e compartilhadas em mídias sociais, que, embora se apresentem como uma estratégia legítima de mobilização, implicam risco de que percamos a preciosidade dessas trocas e análises em meio ao tempo e à lógica da velocidade digital. Ao nos lançarmos ao desafio de mergulhar em outras  linguagens, juntamente com as(os) quarenta e nove pesquisadoras(es) que aceitaram o convite de se juntarem a nós,  reunimos diálogos de vários lugares do Brasil,  com registros transcritos pelas(os) próprias(os) autoras(es), fiéis do que foi dito naquele momento, salvo algumas alterações efetuadas em palavras necessárias para possibilitar a compreensão do que foi explicitado e   cortes de trechos mais longos, e/ou exemplos tornando a estrutura da escrita/leitura mais objetiva e compacta, mas preservando o conteúdo, que permanecem com as marcas de oralidade e da contextualidade espaço-temporal de quando foram transmitidos ao vivo, e organizados por data da transmissão.  Deste modo, ensejamos que as próprias falas transcritas deem conta de localizar os acontecimentos nessa delimitação cronológica, funcionando como uma espécie de retrospectiva do que foi discutido acerca de Educação Infantil no mencionado recorte de tempo. Temos certeza de que, ao conferirmos materialidade às lives, que somam tantos olhares e pontos de vista  dessa temática, compusemos um acervo documental em múltiplos eixos, e daqui seguimos com a esperança de que a união da força da palavra dita à palavra escrita seja instrumento potente e relevante para quem arrisque, neste ou em outro tempo, sonhar e viver a educação em prol de uma vida mais cidadã para todas as pessoas,  resistindo e ousando com a infância, para continuar a existir em tempos de Covid-19 e no que vier a partir  desse período.

“Queremos um mundo onde sejamos socialmente iguais, humanamente diferentes e totalmente livres” (Rosa de Luxemburgo)

Downloads

Publicado

2020-11-05 — Atualizado em 2020-11-20

Versões