O personagem tradutor e o leitor na rede de Italo Calvino

Autores

  • Alessandra Matias Querido Universidade de Brasília

DOI:

https://doi.org/10.5007/2176-8552.2011n12p105

Palavras-chave:

Italo Calvino, Ermes Marana, Tradutor personagem, Tradução

Resumo

O romance de Italo Calvino, Se um viajante numa noite de inverno, é composto de uma série de narrativas interligadas pela estrutura de um romance policial, no qual os protagonistas, o Leitor e a Leitora, precisam desvendar o enigma dos romances inacabados e dos manuscritos roubados. No cerne da trama encontra-se o personagem tradutor Ermes Marana, o qual serve não só como recurso narrativo para aumentar o grau de desconfiança do leitor como também o leva a questionar o papel do autor e do tradutor dentro do universo literário. Italo Calvino, por meio do personagem tradutor, ironiza a idealização do autor como criador absoluto do texto literário e repensa os clichês comumente associados à profissão de tradutor.

Biografia do Autor

Alessandra Matias Querido, Universidade de Brasília

Doutoranda em Teoria pela Universidade de Brasília, mestre em Linguística Aplicada, bacharel em Tradução Inglês.

Downloads

Publicado

2011-09-27

Edição

Seção

Artigos