A influência da responsabilidade sócio-ambiental no processo de internacionalização: o caso da Electro Aço Altona

Vanessa Fraga Souza, Marialva Tomio Dreher, Mohamed Amal

Resumo


A Responsabilidade Sócio-Ambiental (RSA) como Estratégia Organizacional vislumbra as questões sociais e ambientais que dizem respeito às preocupações com os impactos resultantes das operações organizacionais e seus efeitos. Isto ultrapassa fronteiras nacionais atingindo o mercado global que sofre pressões em torno da conservação ambiental. Neste contexto é crescente o número de organizações que procuram conformidades e normalizações da RSA reconhecidas em escala global, sob pena de perderem competitividade. Para compreender melhor este cenário, apresenta-se o resultado de um estudo de caso sobre a Responsabilidade Sócio-Ambiental no processo de internacionalização da Eletro Aço Altona, organização catarinense atuante no Mercado Internacional do Aço. A pesquisa exploratória qualitativa se deu por meio de uma entrevista semi-estruturado com o executivo da empresa. O cenário apresentado aponta para a conclusão de que a Estratégia de RSA contribui para a inserção competitiva internacional de uma organização, ocorrendo principalmente por meio da implementação de instrumentos de Sistemas de Rede de Padronização Global.

Palavras-chave


Responsabilidade sócio-ambiental; Internacionalização; Competitividade; Social and environmental responsibility; Internationalization; International competitiveness

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/%25x

Revista de Ciências da Administração, Universidade Federal de Santa Catarina, Departamento de Administração, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

Para entrar em contato com a equipe editorial da Revista RCA, encaminhe um e-mail para rca.cse@contato.ufsc.br

ISSNe 2175-8077    ISSN 1516-3865

Licença Creative Commons
This obra is licensed under a Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.