Adaptação estratégica e perspectivas teóricas de mudança em um centro de pesquisa do governo

Angelise Valladares Monteiro, Shandi Pereira Cardoso

Resumo


Este artigo tem por objetivo analisar as mudanças estratégicas ocorridas em um centro de pesquisa do Governo Federal do setor minerometalúrgico. Como um estudo de caso, de natureza descritiva e com avaliação longitudinal, buscou-se resgatar aspectos da história da organização, à luz de duas correntes teóricas predominantes: a perspectiva evolucionista e da escolha estratégica. Os resultados indicaram processos de adaptação estratégica decorrentes de pressões externas, de caráter político-institucional, econômico e tecnológico.

Palavras-chave


Mudança organizacional; Adaptação estratégica; Teoria evolucionista; Centros de pesquisa; Organizações públicas; Organizational change; Strategy adaptation; Evolutionist theory; Research institutes; Public organizations

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/%25x

Revista de Ciências da Administração, Universidade Federal de Santa Catarina, Departamento de Administração, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

Para entrar em contato com a equipe editorial da Revista RCA, encaminhe um e-mail para rca.cse@contato.ufsc.br

ISSNe 2175-8077    ISSN 1516-3865

Licença Creative Commons
This obra is licensed under a Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.