Criação ou destruição de valor na perspectiva do EVA® no ranking das maiores empresas da Revista Exame

Anelise Florencio de Meneses, Larissa Teixeira da Cunha, Márcia Martins Mendes De Luca, Allan Pinheiro Holanda

Resumo


Objetivou-se verificar o comportamento das maiores empresas brasileiras em vendas, com atuação nas regiões Norte/Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste e Sul, listadas na revista Exame Melhores e Maiores, a partir da perspectiva de criação ou destruição de valor do

EVA®. Analisaram-se 316 empresas com o auxílio da estatística descritiva e da Análise de Correspondência para verificar a associação entre as empresas que mais criam valor (EVA®) e as regiões brasileiras e os setores de atuação. Constatou-se que 217 empresas criaram valor enquanto 99 destruíram valor. Os resultados dos testes apontaram que a região Centro-Oeste e os setores
atacado e varejo estão associados a uma alta criação de valor, não confirmando a primeira e a segunda hipóteses de pesquisa. Os resultados apontaram ainda que apenas 5 empresas mantiveram-se nas mesmas posições ao se comparar o ranking da revista Exame
com aquele elaborado pela perspectiva EVA®, não se confirmando a terceira hipótese de pesquisa.


Palavras-chave


Gestão de valor; Criação ou destruição de valor; Economic Value Added

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-8077.2012v14n34p103

Revista de Ciências da Administração, Universidade Federal de Santa Catarina, Departamento de Administração, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

Para entrar em contato com a equipe editorial da Revista RCA, encaminhe um e-mail para rca.cse@contato.ufsc.br

ISSNe 2175-8077    ISSN 1516-3865

Licença Creative Commons
This obra is licensed under a Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.