Executivos brasileiros: na contramão do perfil deificado da liderança transformacional

Autores

  • Antonio Carvalho Neto
  • Betania Tanure
  • Carolina Maria Mota Santos
  • Gustavo Simão Lima

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-8077.2012v14n32p35

Palavras-chave:

Executivos, Liderança, Teoria Transformacional

Resumo

O objetivo deste artigo é relacionar o tipo psicológico dos executivos que atuam no nível estratégico das grandes empresas com as características que a literatura aponta para o líder transformacional que, embora deificado, é o mais citado pela literatura atual. O referencial teórico apresenta uma síntese da literatura sobre liderança, desde a Teoria dos traços até a Teoria da liderança transformacional. Utiliza-se a ferramenta MBTI (Myers-BriggsTypeIndicator), um indicador de tipos psicológicos baseado no trabalho de Carl G. Jung. Uma pesquisa quantitativa com a amplitude da que originou este trabalho é rara mesmo na literatura internacional, utiliza-se uma amostra de 430 executivos. A pesquisa revela que existe mais divergência do que convergência entre as características encontradas nos executivos brasileiros e as características dos líderes transformacionais.Os brasileiros apresentam dificuldade para perceber a necessidade de mudanças, enquanto os líderes transformacionais seriam mais aptos para conduzilas. Os executivos brasileiros são enérgicos e inflexíveis quando a situação exige, ao contrário do que apregoa a teoria da liderança transformacional, para a qual o líder deve ter consideração e respeito pelos liderados. A empatia e a preocupação com os liderados são características presentes entre os líderes transformacionais, mas não tão presente entre os brasileiros.

Biografia do Autor

Antonio Carvalho Neto

Professor do PPGA - Programa de Pós-Graduação em Administração - da PUC Minas e coordenador do NERHURT - Núcleo de estudos em Recursos Humanos e Relações de Trabalho

Betania Tanure

Professora do PPGA da PUC Minas e pesquisadora do NERHURT.

Carolina Maria Mota Santos

Professora da PUC Minas e doutoranda pelo PPGA da PUC Minas; pesquisadora do NERHURT.

Gustavo Simão Lima

Doutorando pelo PPGA da PUC Minas e pesquisador do NERHURT.

Downloads

Publicado

2012-04-26

Edição

Seção

Artigos