Governança Corporativa e Internacionalização: Uma análise dos efeitos nas empresas brasileiras

Luzélia Calegari Santos Moizinho, Rogério Borges Borsato, Fernanda Maciel Peixoto, Vinícius Silva Pereira

Resumo


Este trabalho tem por objetivo analisar os efeitos da internacionalização sobre a qualidade da governança corporativa, bem como o efeito da governança na internacionalização. Como objeto de estudo considerou-se as empresas brasileiras não-financeiras de capital aberto, no período de 2005 a 2010, e para o tratamento dos dados utilizou-se do modelo de regressão com dados em painel. Como variáveis de internacionalização das empresas, utilizou-se a exportação sobre a receita total e a comercialização de ADRs e para a governança corporativa, criou-se um índice pelo método da Análise Fatorial. Como contribuição, os resultados apontaram que empresas com níveis de governança mais elevados apresentam possibilidades de incrementar suas receitas pelas exportações, em contrapartida, empresas com baixos índices de governança tendem a buscar financiamentos no exterior como forma de mitigar os problemas de gestão. Sugerem-se como futuras pesquisas a inclusão de outros indicadores de internacionalização.

 


Palavras-chave


Internacionalização; Governança Corporativa; Exportação; ADRs; Empresas Brasileiras

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-8077.2014v16n40p104

Revista de Ciências da Administração, Universidade Federal de Santa Catarina, Departamento de Administração, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

Para entrar em contato com a equipe editorial da Revista RCA, encaminhe um e-mail para rca.cse@contato.ufsc.br

ISSNe 2175-8077    ISSN 1516-3865

Licença Creative Commons
This obra is licensed under a Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.