Os vínculos que o indivíduo estabelece com a organização: uma análise da produção científica brasileira

Autores

  • Laércio André Gassen Balsan Universidade Federal de Santa Maria
  • Jordana Marques Kneipp Universidade Federal de Santa Maria
  • Stefania Tonin Universidade Federal de Santa Maria
  • Vânia Medianeira Flores Costa Universidade Federal de Santa Maria

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-8077.2016v18n45p25

Palavras-chave:

Comprometimento Organizacional, Entrincheiramento Organizacional, Consentimento Organizacional, Vínculos Organizacionais

Resumo

Este estudo analisou a produção científica brasileira sobre os vínculos do indivíduo com a organização, vinculada aos eventos e periódicos da Associação de Programas de Pós-Graduação em Administração (ANPAD), no período 1997-2013. Foram encontrados 145 artigos sobre os temas comprometimento, entrincheiramento e consentimento organizacionais. As publicações ocorreram em maior número a partir de 2007. As instituições que mais se destacaram foram a Universidade Federal da Bahia, Universidade Federal de Minas Gerais e Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Os artigos analisados são em sua maioria empíricos, predominando a abordagem quantitativa e estão relacionados principalmente ao setor privado. Os resultados contribuem para a construção do conhecimento científico sobre os vínculos organizacionais, uma vez que demonstraram as principais características e tendências com relação às publicações acadêmicas sobre o assunto no Brasil. 

Biografia do Autor

Laércio André Gassen Balsan, Universidade Federal de Santa Maria

Doutorando em Administração

Jordana Marques Kneipp, Universidade Federal de Santa Maria

Doutoranda em Administração

Stefania Tonin, Universidade Federal de Santa Maria

Doutoranda em Administração

Vânia Medianeira Flores Costa, Universidade Federal de Santa Maria

Professora Doutora da Universidade Federal de Santa Maria

Downloads

Publicado

2016-08-01

Edição

Seção

Artigos