Organização da prática pedagógica: compreensões de professoras de ciências sobre abordagem de temas

Autores

  • Eril Medeiros da Fonseca Universidade Federal do Pampa
  • Renata Hernandez Lindemann Universidade Federal do Pampa

DOI:

https://doi.org/10.5007/1982-5153.2021.e71759

Palavras-chave:

Ensino de ciências, Formação de professores, Abordagem de temas

Resumo

Este trabalho tem como objetivo analisar a compreensão das professoras de Ciências sobre a abordagem de temas em aula, relacionada a problemáticas do contexto, de modo especial, à temática agrotóxico. Esta pesquisa é qualitativa, e os instrumentos utilizados foram questionários e entrevistas semiestruturadas. Como procedimento analítico, fez-se uso da análise textual discursiva. Os resultados permitem argumentar que as professoras participantes da pesquisa estão vinculadas a uma prática pedagógica conceitual, ressaltando a necessidade de cumprir o programa curricular tradicional. Ainda assim, foi possível perceber que, de alguma forma, questões do contexto fazem parte da abordagem realizada pelas professoras, mesmo que as práticas pedagógicas estejam distantes de uma compreensão crítica da realidade.

Biografia do Autor

Eril Medeiros da Fonseca, Universidade Federal do Pampa

Licenciado em Ciências da Natureza (2016). Mestre em Ensino (2019). Especialista em Ensino de Ciências na Educação do Campo (2019), todos pela Universidade Federal do Pampa – Unipampa. Atuou na rede municipal de ensino de Dom Pedrito no ano de 2017.

Renata Hernandez Lindemann, Universidade Federal do Pampa

Professora da Universidade Federal do Pampa, Campus Bagé, atuando no curso de Licenciatura Química e no Programa de Pós-Graduação em Ensino. Licenciada em Química com Habilitação em Ciências pela Fundação Universidade de Rio Grande (2002). Mestre em Agroquímica pela Universidade Federal de Viçosa (2004) e Doutora em Educação Científico-Tecnológica pela Universidade Federal de Santa Catarina (2010). Até 2019 atuou no Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências junto ao curso de Mestrado Profissional orientando dissertações. Atualmente é professora permanente do Programa de Pós-Graduação em Ensino atuando como orientadora de dissertações de mestrado.

Referências

AULER, D. Interações entre ciência-tecnologia-sociedade no contexto da formação de professores de ciências. Tese de doutorado em Educação: Ensino de Ciências Naturais –Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2002.

AULER, D. Enfoque ciência-tecnologia-sociedade: pressupostos para o contexto brasileiro. Ciência & Ensino, v.1, n. especial, 2007.

AULER, D. Cuidado! Um cavalo viciado tende a voltar para o mesmo lugar. 1. ed. Curitiba: Appris, 2018.

AULER, D.; DELIZOICOV, D. Educação CTS: Articulação entre pressupostos do educador Paulo Freire e referenciais ligados ao movimento CTS. In: LÓPES, A. B.; PEINADO, V-B.; LÓPES, M. J.; RUZ, M. T. P. (Org.). Las Relaciones CTS en la Educación Científica. Málaga: Editora da Universidade de Málaga, 2006. p. 01-07.

AULER, D.; DALMOLIN, A. M. T.; FENALTI, V. S. Abordagem Temática: natureza dos temas em Freire e no enfoque CTS. ALEXANDRIA – Revista de Educação em Ciência e Tecnologia, v. 2, n. 1, p.67-84, 2009.

BBC. British Broadcasting Corporation. 'Epidemia de câncer'? Alto índice de agricultores gaúchos doentes põe agrotóxicos em xeque, 2016. Disponível em: http://glo.bo/2bdFSrc. Acesso em: 29 jan. 2020.

BOMFIM, M. G. O potencial gnosiológico da abordagem temática freiriana: um olhar sobre o processo formativo de professores da EJA. Dissertação de mestrado em Educação em Ciências - Universidade Estadual de Santa Cruz, Ilhéus, 2018.

BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais: Ciências Naturais. Brasília: MEC/SEF, 1998.

BRASIL. Ministério da Educação. Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais da Educação Básica. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Diretoria de Currículos e Educação Integral. Brasília: MEC, SEB, DICEI, 2013.

CENTA, F. G.; SCHNEIDER, T. M.; MAGOGA, T. F.; MUENCHEN, C. Práticas educativas baseadas na abordagem temática: uma análise dos trabalhos no XIII e XX SNEFs. In: XXI SIMPÓSIO NACIONAL DE ENSINO DE FÍSICA, 21, 2015, Uberlândia/MG. Anais [...] Uberlândia/MG: Sociedade Brasileira de Física, 2015. Disponível em: http://www.sbf1.sbfisica.org.br/eventos/snef/xxi/sys/resumos/T0122-1.pdf. Acesso em: 11 jun. 2019.

CENTA, F. G.; MUENCHEN, C. O Despertar para uma Cultura de Participação no Trabalho com um Tema Gerador. ALEXANDRIA - Revista de Educação em Ciência e Tecnologia, v. 9, n. 1, p. 263-291, 2016.

CENTA, F. G.; MUENCHEN, C. O trabalho coletivo e interdisciplinar em uma reorientação curricular na perspectiva da Abordagem Temática Freireana. Revista Electrónica de Enseñanza de las Ciencias, v. 17, n. 1, p. 68-93, 2018.

CHIZZOTTI, A. Pesquisa em Ciências Humanas e Sociais. 11 ed. Sao Paulo, SP: Cortez, 2010.

COELHO, J. C. A Chuva Ácida na Perspectiva de Tema Social: Um Estudo com Professores de Química em Criciúma (SC). Dissertação de mestrado em Educação Científica e Tecnológica - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2005.

COELHO, J. C. Processos formativos na direção da educação transformadora: temas-dobradiça como contribuição para abordagem temática. Tese de doutorado em Educação Científica e Tecnológica - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2010.

DELIZOICOV, D.; ANGOTTI, J. A.; PERNAMBUCO, M. M. Ensino de Ciências: Fundamentos e Métodos. São Paulo: Cortez, 2011.

FERREIRA, M. V.; MUENCHEN, C.; AULER, D. Desafios e potencialidades em intervenções curriculares na perspectiva da abordagem temática. Ensaio - Pesquisa em Educação em Ciências, v. 21, 2019.

FONSECA, E. M.; LINDEMANN, R. H.; DUSO, L. Articulações entre referenciais do movimento Ciência-Tecnologia-Sociedade e pressupostos da Abordagem Temática Freireana: refletindo sobre possibilidades para a formação de professores, Indagatio Didactica, v. 11, n. 2, 2019.

FREIRE, P. Conscientização: teoria e prática da libertação: uma introdução ao pensamento de Paulo Freire. São Paulo: Centauro, 2001.

FREIRE, P. Pedagogia do Oprimido. 60ª ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2016.

GEHLEN, S. T.; STRIEDER, R. B.; WATANABE-CARAMELLO, G.; FEISTEL, R. A. B.; HALMENSCHLAGER, K. R. A inserção da abordagem temática em cursos de licenciatura em física em instituições de ensino superior. Investigações em Ensino de Ciências, v. 19, n. 1, p. 217-238, 2014.

GIACOMINI, A.; MUENCHEN, C. Avanços alcançados por professores na implementação da abordagem temática em uma escola pública estadual do interior do RS. Educação em Revista, v.32, n.03, p. 189-216, 2016.

GONÇALVES, J.G.; ABREU, D.G.; IAMAMOTO, Y. Análise da contextualização em livros didáticos de química. In: 29ª REUNIÃO ANUAL DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE QUÍMICA – 29ª RA SBQ, 2006, Águas de Lindóia. Atas... Águas de Lindóia: Sociedade Brasileira de Química, 2006.

HERNÁNDEZ, F.; VENTURA, M. A organização do currículo por projetos de trabalho: O conhecimento é um caleidoscópio. Porto Alegre: ARTMED, 1998.

HUNSCHE, S. Professor “fazedor” de currículos: desafios no estágio curricular supervisionado em ensino de física. Dissertação de mestrado em Educação - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2010.

JORNAL DA CIDADE. Agrotóxicos oferecem mais vantagens do que riscos, afirmam especialistas. Abanorte, 2008. Disponível em: . Último acesso em: 29 jan. 2020.

JORNAL FOLHA DO SUL Ibama e Seapi embargam lavouras de soja por uso de agrotóxico proibido em Dom Pedrito, 2016. Disponível em: . Último acesso em: 20 jan. 2020.

LINDEMANN, R. H.; MUENCHEN, C.; GONÇALVES, F. P.; GEHLEN, S. T. Biocombustíveis e o ensino de Ciências: compreensões de professores que fazem pesquisa na escola. Revista Electrónica de Enseñanza de las Ciencias, v. 8, n. 1, p. 342-358, 2009.

LOPES. A. C. Apostando na produção contextual do currículo. In: AGUIAR, M. A. da S.; DOURADO, L. F. A BNCC na contramão do PNE 2014-2024: avaliação e perspectivas. Recife: ANPAE, 2018. p. 23-27.

MACHADO, P. P.; OLIVEIRA, N. R. F.; MENDES, A. N. O indigesto sistema do alimento mercadoria. Saúde Sociedade, v. 25, n. 2, p. 505-515, 2016.

MAGOGA, T. F. Abordagem temática na Educação em Ciências: um olhar à luz da epistemologia Fleckiana. Dissertação de mestrado em Educação em Ciências – Universidade Federal de Santa Catarina, Santa Maria, 2017.

MILLI, J. C. L.; ALMEIDA; E. dos S.; GEHLEN, S. T. A Rede Temática e o Ciclo Temático na Busca pela Cultura de Participação na Educação CTS. ALEXANDRIA – Revista de Educação em Ciência e Tecnologia, v. 11, n. 1, p. 71-100, 2018.

MORAES, R.; GALIAZZI, M. C. Análise textual discursiva. 3. ed. Ijuí: Unijuí, 2016.

MUENCHEN, C.; AULER, D. Configurações curriculares mediante o enfoque CTS: desafios a serem enfrentados na educação de jovens e adultos. Ciência & Educação, v. 13, n. 3, p. 421-434, 2007.

NOVAIS, E. da S. P.; FONSECA, K. N.; SOLINO, A. P.; SOUSA, P. S. de; SILVA, R. M. da; GEHLEN, S. T. O Processo de Redução Temática na Formação de Professores em Iguaí-BA. ALEXANDRIA – Revista de Educação em Ciência e Tecnologia, v. 10, n.1, p. 77-103, 2017.

OLIVEIRA, F. A. de; LANGHI, R. Educação em Astronomia: investigando aspectos de conscientização socioambiental sobre a poluição luminosa na perspectiva da abordagem temática. Ciência & Educação, v. 20, n. 3, p. 653-670, 2014.

QWERTY. Agrotóxico aplicado em lavoura seria causa de mal estar em moradores na rua Raul Pila; fato foi registrado na delegacia, 2017. Disponível em: . Último acesso em: 20 jan. 2020.

ROCHA, A. L. F. da.; MAESTRELLI, S. R. P. A formação de professores crítico-reflexiva: pressupostos necessários ao desvelar colaborativo da prática docente. In: PAULINO, V.; BARBOSA, A. T. (Org.). Língua, Ciência e Formação de professores em Timor-Leste. 1ed. Díli: Unidade de Produção e Disseminação do Conhecimento/Programa de Pós-graduação e Pesquisa da UNTL, 2016, v. 01, p. 93-102.

ROSA, S. E.; AULER, D. Não Neutralidade da Ciência-Tecnologia: Problematizando Silenciamentos em Práticas Educativas CTS. ALEXANDRIA – Revista de Educação em Ciência e Tecnologia, v.9, n.2, p.203-231, 2016.

ROSO, C. C.; SANTOS, R. A.; ROSA, S. E.; AULER, A. Currículo temático fundamentado em Freire-CTS: engajamento de professores de física em formação inicial. Revista Ensaio: Pesquisa em Educação em Ciências, v. 17, n. 2, p. 372-389, 2015.

SANTOS, W. L. P. Significados da educação científica com enfoque CTS. In: SANTOS, W. L. P.; AULER, D. CTS e educação científica: desafios, tendências e resultados de pesquisas. Brasil: Editora Universidade de Brasília, 2011. p. 21-48.

SANTOS, V. B.; LIMA, J. A.; BOMFIM, M. G.; ARCANJO, J. R. L.; GEHLEN, S. T. O levantamento preliminar na seleção de questões sociocientíficas: o exemplo do areial em Olivença/BA. Linhas Críticas (UNB), v. 25, p. 171-202, 2019.

SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO RIO GRANDE DO SUL. Perfil das cidades gaúchas - Dom Pedrito, 2019. Disponível em: <https://datasebrae.com.br/municipios/rs/Perfil_Cidades_Gauchas-Dom_Pedrito.pdf>. Último acesso em: 26 jan. 2020.

SILVA, A. F. G. A construção do currículo na perspectiva popular e crítica: das falas significativas às práticas contextualizadas. Tese de doutorado em Educação – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2004.

SILVA, R. M. da S.; GEHLEN, S. T. Investigação temática na formação de professores de ciências em Pau Brasil-BA: Compreensões acerca de um tema gerador. Revista Ensaio, v. 18, n. 2, p.147-169, 2016.

SILVA, R. M da; SOLINO, A. P.; SOUSA, P. S. de; FONSECA, K. N.; Novais, E. da S. P.; GEHLEN, S. T. Situações-limite na formação de professores de ciências na perspectiva freireana: da percepção da realidade à dimensão pedagógica. Investigações em Ensino de Ciências, v. 21, n. 3, p. 127-151, 2016.

SOUSA, P. S. de; BASTOS, A. P. S.; FIGUEIREDO, P. S. de; GEHLEN, S. T. Investigação Temática no Contexto do Ensino de Ciências: Relações entre a Abordagem Temática Freireana e a Práxis Curricular via Tema Gerador. ALEXANDRIA - Revista de Educação em Ciência e Tecnologia, v. 7, n. 2, p.155-177, 2014.

SOUSA, P. S. de; BASTOS, A. P. S.; FIGUEIREDO, P. S. de. Tema Gerador e a Relação Universidade-Escola: Percepções de Professoras de Ciências de uma Escola Pública em Ilhéus- BA. ALEXANDRIA - Revista de Educação em Ciência e Tecnologia, v. 9, n. 1, p. 3-29, 2016.

STRIEDER, R. B.; WATANABE-CARAMELLO, G.; GEHLEN, S. T. Abordagem de temas no Ensino Médio: compreensões de professores de Física. Revista Ensaio, v.14, n. 2, p. 153-169, 2012.

WATANABE-CARAMELLO, G.; STRIEDER, R. B.; GEHLEN, S. T. Desafios e possibilidades para a abordagem de temas ambientais em aulas de Física. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, v. 12, n. 1, 2012.

Arquivos adicionais

Publicado

2021-05-21

Edição

Seção

Artigos