O sistema profissional bibliotecário brasileiro: sua capacidade de responder às mudanças do ambiente político e econômico no início do século XXI; uma abordagem sob a perspectiva da ação comunicativa

Francisco das Chagas de Souza

Resumo


Trata-se de artigo que resulta de pesquisa teórica, de caráter sociológico, que constrói uma caracterização da composição estrutural da profissão bibliotecária a partir da perspectiva sistêmica e da concepção de mundo vivido originária da Teoria da Ação Comunicativa de Habermas e da tipologia profissional oriunda da Sociologia das Profissões de Freidson. Adotando esta caracterização estrutural para analisar o cotidiano vivido pela categoria bibliotecária brasileira, conclui que a capacidade da categoria bibliotecária de responder às mudanças do ambiente político e econômico no início do século XXI depende de que seja tornado transparente e objetivo qual é e como está estruturado o Sistema Profissional Bibliotecário brasileiro. A sua explicitação e o seu uso como marco teórico para a formação de profissionais bibliotecários e para a orientação das ações bibliotecárias nacionais poderá credenciar a categoria bibliotecária para de forma eficaz e consciente responder às mudanças do ambiente político e econômico no início do século XXI.

Palavras-chave


Bibliotecário; Sociedade; Brasil; Ensino de Biblioteconomia; Sistema profissional; Ação comunicativa; Brazilian librarian; Brazilian society; Brazilian librarian education; Librarianship and professional systems; Librarianship and communicative action

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1518-2924.2000v5n10p11



Direitos autorais 2000 Francisco das Chagas de Souza

Enc. Bibli: R. Eletr. Bibliotecon. Ci. Inf., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN 1518-2924.

Conteúdos do periódico licenciados sob uma Licença Creative Commons 4.0 By  (mais informação)