Redes sociais: posições dos atores no fluxo da informação 10.5007/1518-2924.2006v11nesp1p75

Maria Inês Tomaél, Regina Maria Marteleto

Resumo


A rede social do consórcio de exportação de móveis – Export Móveis – foi estudada neste trabalho tendo-se como foco os indicadores de centralidade e de ligações fortes e fracas da rede. Os índices de centralidade são abordados sob quatro aspectos: informação – analisa os fluxos de informação; grau – considera o número de contatos diretos; intermediação – identifica quem medeia, controla e direciona a informação na rede; proximidade – avalia a distância de um ator em relação a outros. As ligações fortes – contatos mais próximos, e as ligações fracas – mais distantes são analisadas tendo como base os índices de centralidade de proximidade. A análise de redes sociais, que avalia padrões de relacionamento foi a metodologia empregada e respaldou a análise dos dados com a aplicação das medidas que lhe são peculiares. Os resultados demonstram que os atores mais importantes na rede exercem funções no nível estratégico, sendo responsáveis pela tomada de decisões em suas empresas e no consórcio, campo de pesquisa deste trabalho. O fluxo e compartilhamento da informação na rede são dependentes desses atores, assim como a condução das ações e planejamento do consórcio.

Palavras-chave


Rede social; Análise de rede social; Compartilhamento da informação; Social networks; Social network analysis; Information sharing

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/1518-2924.2006v11nesp1p75



Direitos autorais 2007 Maria Inês Tomaél, Regina Maria Marteleto

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Enc. Bibli: R. Eletr. Bibliotecon. Ci. Inf., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN 1518-2924.

Conteúdos do periódico licenciados sob uma Licença Creative Commons 4.0 By  (mais informação)