O tesouro de conhecimentos de um bairro chamado maré: pessoas como fontes de informação

Autores

  • Anderson Morais Chalaça
  • Isa Maria Freire IBICT
  • Marcos Luiz Cavalcanti de Miranda UNIRIO

DOI:

https://doi.org/10.5007/1518-2924.2007v12n24p92

Palavras-chave:

People, Social Communication - Memory, Information Management, Social responsability

Resumo

Apresenta o resultado de pesquisa, em nível exploratório, abordando as pessoas, cidadãos comuns, como fontes de informação para uma dada comunidade, na perspectiva da responsabilidade social do profissional bibliotecário. Discorre sobre o campo da pesquisa, o bairro Maré e suas comunidades. Utiliza a metodologia da pesquisa-ação para criar uma equipe de pesquisa e investigar a existência dessas pessoas e sua atuação como fontes de informação na comunidade. Procura dar visibilidade ao “invisível”, identificando onde e como funcionam a busca, recuperação e uso da informação nas pessoas detentoras de conhecimento, em uma dada comunidade. Utiliza a técnica de entrevista estruturada para o registro do conhecimento de uma dessas fontes, seus ofícios e talentos, revelando como adquiriu esse conhecimento e se o transmite para outras pessoas. Apresenta um formato para um sítio virtual contendo o Tesouro de conhecimentos de Comunidades da Maré.

Biografia do Autor

Anderson Morais Chalaça

Bibliotecário Grupo PesquisAção na Maré

Isa Maria Freire, IBICT

Doutora em Ciência da Informação Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT)

Marcos Luiz Cavalcanti de Miranda, UNIRIO

Doutor em Ciência da Informação Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO)

Downloads

Publicado

2007-12-05

Edição

Seção

Artigo