Comunicação científica: o papel da open archives initiative no contexto do acesso livre

Ana Alice Baptista, Sely Maria de Souza Costa, Hélio Kuramoto, Eloy Rodrigues

Resumo


Discute a questão do Acesso Livre ao conhecimento científico, abordando, de maneira sucinta, seus impactos na pesquisa. Discorre sobre algumas das principais questões relacionadas ao uso de tecnologias da informação na comunicação científica, com ênfase em questões recentes, como o auto-arquivamento de trabalhos científicos em repositórios (via verde) e os periódicos científicos eletrônicos de Acesso Livre (via dourada). Tais questões são focadas simultaneamente como uma reação dos pesquisadores ao modelo de negócios vigente nas editoras científicas comerciais e uma conscientização do grande aumento de impacto dos documentos disponibilizados em Acesso Livre. Acrescenta a essa discussão informação sobre as políticas institucionais necessárias à implementação plena do Acesso Livre. Trata das principais tecnologias que suportam o Acesso Livre, tais como sistemas de gestão de repositórios e de revistas científicas que obedecem às especificações OAI. Além disso, discute perspectivas futuras que deverão nortear as políticas, a tomada de decisões e as ações por parte das instituições acadêmicas e governamentais que garantam o Acesso Livre, particularmente nos países lusófonos.

Palavras-chave


Comunicação científica; Acesso Livre; Políticas de autoarquivamento; Arquivos abertos; Tecnologias para o Acesso Livre; Scholarly communication; Open Access; Self-archiving policies; Open Archives; Open Access technologies

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/1518-2924.2007v12nesp1p1



Direitos autorais 2007 Ana Alice Baptista, Sely Maria de Souza Costa, Hélio Kuramoto, Eloy Rodrigues

Enc. Bibli: R. Eletr. Bibliotecon. Ci. Inf., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN 1518-2924.

Conteúdos do periódico licenciados sob uma Licença Creative Commons 4.0 By  (mais informação)