Avaliação da acessibilidade de sites oficiais de pesquisa no Brasil por pessoas com deficiência

Autores

  • Edilson Antonio Ignácio Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC) - Campinas - Brasil
  • José Oscar Fontanini de Carvalho Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC) - Campinas - Brasil

DOI:

https://doi.org/10.5007/1518-2924.2008v13n26p131

Palavras-chave:

Sociedade da informação, Interação humano-computador, Inclusão digital.

Resumo

Este artigo tem como objetivo apresentar um trabalho baseado na revisão da literatura, sobre os temas Sociedade da Informação; Interação Humano-Computador e Inclusão Digital sob a ótica da Ciência da Informação. Constitui-se da avaliação de sites oficiais de órgãos brasileiros de fomento à pesquisa, escolhidos dentre as unidades federativas mais e menos incluídas digitalmente, segundo dados do Mapa da Exclusão Digital, elaborado pela Fundação Getúlio Vargas. Buscou-se averiguar se esses sites estão cumprindo a legislação a respeito da acessibilidade para as pessoas com deficiência. O trabalho possibilitou inferir que os sites oficiais de pesquisa destinados à prestação de serviços públicos e disseminação de informação na web analisados, ainda não são efetivamente acessíveis a todos os cidadãos, de modo a realizar o
princípio da universalização da informação.

Biografia do Autor

Edilson Antonio Ignácio, Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC) - Campinas - Brasil

Possui graduação em Administração de Empresas pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (1998). Especialização em Gestão de Negócios; MBA com vivência Internacional é Mestre em Ciência da Informação pela PUC- Campinas.

Downloads

Publicado

2008-01-01

Edição

Seção

Artigo