Representação Cartográfica Dinâmica Online: análise da atividade editorial em inteligência econômica na França

Autores

  • Lillian Alvares Universidade de Brasília
  • Luc Quoniam Université du Sud Toulon-Var
  • Charles-Victor Boutet Université de Toulon

DOI:

https://doi.org/10.5007/1518-2924.2011v16n32p94

Palavras-chave:

Inteligência Competitiva, Inteligência Econômica, Cartografia, Redes Sociais

Resumo

O estudo da comunidade de Inteligência Econômica (IE) na França é apresentada sob a perspectiva de análise da produção científica da comunidade atuante na área que produz ativamente documentos digitais e os disponibiliza em comunidades virtuais. A metodologia de realização da análise será por meio do tratamento automático de informação e de mapas interativos na representação de redes sociais, tornando evidente seu potencial de utilização. O tratamento automático e os mapas interativos, suporte da metodologia de análise terá como base a representação dinâmica, isso é, a representação que é simultaneamente interativa e em três dimensões. A primeira parte do trabalho é dedicada a apresentar o Tratamento Cartográfico Interativo, incluindo a legitimação do método adotado (Representação Dinâmica Interativa em Três Dimensões), o universo de estudo e as ferramentas escolhidas para concluir a análise da comunidade de IE na França. O tema tratado, por conseguinte, tangencia a questão sobre o status dos documentos digitais como produção científica quantificável e publicável, capaz de produzir inovação e novos conhecimentos, mas que enfrenta resistência da própria comunidade científica. Os resultados privilegiam a verificação da metodologia em comparação com outros métodos de representação de dados.

Biografia do Autor

Lillian Alvares, Universidade de Brasília

Graduação em Engenharia Mecânica (1990) e mestrado em Biblioteconomia ambos pela Universidade de Brasília (1997). Especialização em Inteligência Competitiva pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2001). Doutorado em Ciência da Informação pela Universidade de Brasília e Doctorat de Sciences de
l'Information et de la Communication pela Université du Sud Toulon-Var em regime de cotutela. Trabalhou na Fundação Certi, no Ministério das Relações Exteriores (MRE), no Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict), na Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e no Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). Desde 2006 é Professora do Departamento de Ciência da Informação e Documentação da Universidade de Brasília (UnB) e Coordenadora do Curso de Bacharelado em Museologia. Possui experiência em Gestão do Conhecimento, Educação Corporativa, Inteligência Competitiva, Planejamento de Sistemas de Informação, Inclusão Digital, Cooperação em Ciência e Tecnologia e Informação Tecnológica.

Luc Quoniam, Université du Sud Toulon-Var

Possui graduação em Chimie Analytique & Protection de l'Environnement pela Université Aix Marseille III (1981) , graduação em Océanologie pela Université Aix Marseille III (1984) , mestrado em Océanologie pela Université Aix Marseille II (1985) e doutorado em Science de l'Information et de la Communication pela Université Aix Marseille III (1988) . Atualmente é professor titular da Universidade de São Paulo, professor titular da Université Du Sud Toulon Var e Professor Titular da Universidade Fernando Pessoa. Tem experiência na área de Ciência da Informação , com ênfase em Ciência da Informação e Comunicação.

Publicado

2011-10-03

Edição

Seção

Artigo