Editorial

Autores

  • Adilson Luiz Pinto UFSC - Florianópolis - SC
  • Márcio Matias UFSC - Florianópolis - SC

DOI:

https://doi.org/10.5007/1518-2924.2011v16n32pi

Resumo

Prezados Leitores, É com muita satisfação que anunciamos a edição do volume 16, número 32 de 2011, agradecendo de maneira muito especial a colaboração de Rosângela Schwarz Rodrigues, Ursula Blattmann, Araci Isaltina de Andrade Hillesheim e Gleisy Regina Bories Fachin que, até então, eram as editoras da revista e que, com sua atuação, contribuíram decisivamente para o desenvolvimento e o êxito desta publicação. Os esforços somados de todos os profissionais envolvidos na elaboração deste periódico têm gerado qualidade de conteúdo e o consequente respeito conquistado junto à comunidade científica da área de ciência da informação. Podemos destacar entre os frutos que estamos agora colhendo: a edição de trabalhos em outros idiomas e um planejamento de transformar a Encontros Bibli em quadrimestral, aspectos que serão visíveis em 2012. O ano de 2011 foi promissor para a Encontros Bibli. A revista está fortalecida e, com a visão de internacionalizar suas próximas edições, contando com uma nova estrutura editorial e índices promissores: representação de 604 citações, contando com uma média de 40,27 ao ano, um percentual de 1,62 citações por artigo, uma média de 1,62 artigos por autoria e com os seguintes indicadores de presença acadêmica: índice-h = 11 e índice-g = 16. Este número, A Ciência da Informação, suas visões e aplicações na contemporaneidade, nos traz uma mostra como a produção científica da área está diversificada, ao mesmo tempo em que agrega novas abordagens e enriquece o entendimento desta promissora ciência. Como colaborações científicas, resumimos os estudos aprovados nesta edição, tendo o artigo Aspectos conceituais da multidisciplinaridade e da interdisciplinaridade, representando a evolução conceitual das terminologias ligadas à multidisciplinaridade e à interdisciplinaridade, visando identificar também a abordagem transdisciplinar, a partir de um referencial teórico, discussões constantes na formação ideológica da área e que pontua com propriedade esta evolução de pensamento. Conta-se também com dois estudos sobre o Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas, dedicados a (i) Produção do Conhecimento sobre o Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas – SEER no Brasil nos anos de 2003 a 2010 e ao (ii) Uso e expectativas sobre o sistema eletrônico de editoração de revistas (SEER). O primeiro estudo busca contemplar a agilidade do processo de produção de conhecimento eletrônico, caracterizando a redução de custos e uma divulgação mais ampla desta utilização como meio de publicação. O segundo objetiva pesquisar o uso das funcionalidades do SEER, atribuindo a visão dos Administradores do Sistema e dos Editores (Gerente e de Seção), identificando o perfil destes gestores. Dentro da diversidade da área de Ciência da Informação, contamos, na sequência, com a aplicação do processo informacional em um Portal corporativo interno de um hospital universitário: um estímulo à aprendizagem organizacional, que relata o desenvolvimento deste portal mediante a analogia aos processos de análise, síntese e representação da informação, demonstrando os benefícios alcançados como os processos de gestão da informação e da aprendizagem organizacional, atrelados à tecnologia da informação. Ao considerar os estudos aqui descritos e a amplitude da Ciência da Informação, destaca-se as formas de visualizar e representar o conhecimento. Neste sentido, relatamos os estudos (i) Visualização da Informação na construção de interfaces amigáveis para Sistemas de Recuperação de Informação e (ii) Representação Cartográfica Dinâmica Online: análise da atividade editorial em inteligência econômica na França, no qual o primeiro trata de trabalhar a ilustrar como um recurso dos Sistemas de Recuperação de Informação (SRIs), potencializando a facilidade a representação visual para a descoberta de novos conhecimentos; enquanto o segundo estudo trabalha com a representação cartográfica da Inteligência Econômica na França, fazendo uso das análises de redes sociais em forma de grafos 3D interativos. A fechar o presente número, temos o estudo Avanços e perspectivas da infometria e dos indicadores multidimensionais na análise de fluxos da informação e estruturas do conhecimento que relata as contribuições teóricas consolidadas e emergentes da infometria/informetria frente às estruturas do conhecimento e aos fluxos de informação na atualidade, incluindo a abordagem multidimensional de representação deste estudo métrico. Adilson Luiz Pinto Márcio Matias

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2011-01-01

Como Citar

PINTO, Adilson Luiz; MATIAS, Márcio. Editorial. Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação, [S. l.], v. 16, n. 32, p. i-ii, 2011. DOI: 10.5007/1518-2924.2011v16n32pi. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/view/1518-2924.2011v16n32pi. Acesso em: 24 fev. 2024.

Edição

Seção

Editorial

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>